A identificação de ânions e cátions nas soluções

Escrito por emily jacobson | Traduzido por kelly isayama
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A identificação de ânions e cátions nas soluções
Experimentos químicos observados cuidadosamente podem identificar um íon desconhecido (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

Um íon é um átomo ou molécula que possui carga elétrica. Cátions são positivamente carregados devido à perda de elétrons. Já os ânions, por ganharem elétrons, possuem a carga negativa. Em reações químicas, todos os íons exibem comportamentos característicos e únicos.

Outras pessoas estão lendo

Análise qualitativa

Para identificar um íon específico em uma solução, ela deve ser submetida a uma série de testes químicos, cujos resultados são comparados àqueles obtidos pelo mesmo teste aplicado a uma solução contendo um íon conhecido. Esse processo é denominado análise qualitativa. Os reagentes usados nesses tipos de testes variam muito, mas os mais comuns são soluções 6M de ácido clorídrico (HCl), ácido nítrico (HNO3), hidróxido de sódio (NaOH) e amônia (NH3).

A identificação de ânions e cátions nas soluções
Acrescentar um reagente a uma solução pode causar uma reação química (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

Reações iônicas

Quando uma solução iônica é misturada com um reagente, os íons presentes nela podem se combinar, formando um novo composto ou novos íons que podem causar mudanças físicas facilmente observáveis na solução. Resultados comuns de testes de análise qualitativa incluem a liberação de um gás, a formação de um precipitado ou uma mudança de coloração.

Formação de um precipitado

A precipitação ocorre quando duas soluções são misturadas e os íons presentes nelas se combinam para formar partículas sólidas e insolúveis de um composto novo. Por exemplo, para testar a presença do cátion de prata (Ag+) na solução, acrescente ácido clorídrico e verifique se há a formação de um precipitado. Tratar uma solução de nitrato de prata com ácido clorídrico produzirá um precipitado conforme ocorre a combinação dos cátions prata (Ag+) com os ânions de cloro (Cl-) para formar o sólido insolúvel cloreto de prata (AgCl).

Mudança de cor

Muitos íons em soluções aquosas possuem uma cor característica. Por exemplo, uma solução contendo crômio (Cr3+) é azul-esverdeada. Uma solução contendo o cátion de ferro (Fe2+) é azul-clara, ao passo que a de Fe3+ é marrom-amarelada. Ao misturar uma solução de cloreto férrico incolor (FeCl3) com tiocianato e potássio (KSCN), acontece a formação de íons tiocianato de ferro ([FeSCN]2+), que torna a cor da solução vermelho-sangue.

A identificação de ânions e cátions nas soluções
Cor e cheiro podem ser dicas importantes para a identificação de um íon (Jack Hollingsworth/Photodisc/Getty Images)

Liberação de gás

Verificar a liberação de gás em uma reação química pode envolver mais que um tipo de observação. Por exemplo, misturar hidróxido de sódio (NaOH) com cloreto de amônio (NH4Cl) produzirá o gás amônia (NH3(g)). Esse gás pode ser visto como bolhas na solução. Um odor forte de amônia será detectado conforme o gás escapa do tubo de ensaio. E, finalmente, uma fita de tornassol vermelha hidratada colocada acima do tubo se tornará azul na presença da amônia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível