A identificação do Oldsmobile 442 de 1967

Escrito por jennifer o'hara | Traduzido por rafael ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

O 442, "muscle car" da Oldsmobile, entrou em 1967 (seu terceiro ano de produção) competindo diretamente com o Pontiac Tempest GTO. Identificar um 442 original de fábrica pode ser um pouco difícil, porém, com um pouco de conhecimento, pode-se distinguir esse ícone dos automóveis.

Outras pessoas estão lendo

Código do chassi

Em 1967, o 442 ainda era uma linha disponível nas versões coupé holiday, coupé esportivo e conversível -- sem haver diferenças no nome das placas, tornando difícil a identificação. Quando se olha para a marcação do capô, a série e o número de identificação do carro devem incluir a sequência "338xx" após a designação "67".

Motor e transmissão

O Olds 442 de 1967 precisa ter um "C" estampado na frente do cabeçote do cilindro esquerdo e na parte interna do cabeçote traseiro direito. O modelo desse ano também possui o novo carburador Quadrajet four-barrel, a transmissão Turbo HydraMatic automática ou manual e uma coloração bronze no motor de 6,5 litros. Se o terceiro número da etiqueta de série for ímpar, significa que o carro em questão teve seu motor original V-6 substituído pelo V-8 e, portanto, não é um verdadeiro Olds 442.

Equipamento

O verdadeiro 442 também pode ser identificado por sua caixa traseira inferior para o descanso dos braços, um painel Rally Pac, além de uma barra de estabilização traseira, escape duplo e um filtro de ar, todos esses cromados. O modelo W-30 de alto desempenho possui para-lamas de fibra de vidro na cor vermelha que agora são falsificados facilmente, ou seja, isso nem sempre quer dizer que são fabricações do 442 W-30. Essa série vem com quatro velocidades, ventilação forçada e um filtro de ar cromado.

Marcas externas

O 442 de 1967 não possui o conhecido "Oldsmobile" gravado na grade; ao invés disso, ele possui um a grafia "442" em forma de bloco nessa área. O para-lamas, o painel e o porta-malas possuem o "442" gravado. Além do mais, ao contrário dos seus primos de baixo desempenho, a coluna do teto traseiro não possui o emblema "Cutlass Supreme".

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível