Mais
×

Como identificar ágata bruta

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Ágatas são pedras semipreciosas que podem ser encontradas por todo o mundo. Através da história, foram avaliadas como pedras de beleza e charme impressionantes. A maioria das pessoas as reconhece quando bem polidas, unidas, mas reconhecê-las brutas em um lago ou em um campo arado é um pouco mais difícil. Identificar ágata bruta é algo que qualquer geologista amador pode aprender a fazer.

Instruções

Ágata bruta (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)
  1. Procure por transparência na pedra. Se ela estiver quebrada e for possível ver traços de minerais como quartzo com tom vermelho, marrom e laranja, que vêm em muitos tipos de ágatas, há uma boa chance que ela seja uma ágata bruta.

    Procure por transparência na pedra (Photos.com/Photos.com/Getty Images)
  2. Verifique se é unida. Se o exterior da pedra estiver quebrado ou desgastado, procure por dobras, o que ocorre na maioria dos tipos de ágata. Essa dobra é um fator procurado por muitos colecionadores e joalheiros, segundo o site Keweenaw Traveler.

    A maioria dos tipos de ágata apresenta dobras (PhotoObjects.net/PhotoObjects.net/Getty Images)
  3. Meça a pedra. Na maior parte dos casos, a ágata média é menor do que 7,5 cm de diâmetro.

    A ágata média é menor do que 7,5 cm (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)
  4. Pese a pedra. Os seixos de ágata, em geral, são mais pesados do que parecem por conta de sua composição densa. Você pode querer compará-las com outras pedras que possam haver por perto.

  5. Procure por uma superfície com buracos na pedra. Ágatas podem se formar em rochas ígneas, e podem ser cercadas por rochas macias que já erodiram. Essas duas características podem deixar a ágata com buracos.

  6. Tateie e tente encontrar lisuras na pedra. Quando vir uma rachadura ou alguma parte da superfície que estiver desgastada, deslize os dedos sobre ela. Lisura é um sinal de que você pode ter uma ágata.

  7. Procure por fraturas concoides, que são irregulares e ocorrem em materiais de grão fino como vidro e obsidiana. As fraturas são geralmente curvas, com um desenho ondulado o que faz da pedra muito irregular. Ágatas tendem a ter fraturas concoides, e ver uma pedra com perfil tão distinto pode ser um sinal de presença de ágata.

Dicas

  • Use uma lanterna para iluminar a pedra por trás. Isso o ajudará a encontrar alguma borda translúcida que pode passar desapercebida.
  • Escolha uma boa área quando for procurar por ágatas. O "Lake Superior" é uma área bem conhecida por produzir ágatas belíssimas.

Aviso

  • Há muitas pedras que se parecem com ágatas mas não são. Pedreneira, chert e jaspe são parentes próximas à ágata e podem ter dobras similares, mas lembre-se que são opacas, enquanto a ágata é translúcida .
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article