Como identificar a assinatura de um artista em uma pintura a óleo antiga

Escrito por dan ketchum | Traduzido por gabriela drumond
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como identificar a assinatura de um artista em uma pintura a óleo antiga
Identificar a assinatura de um artista geralmente requer uma combinação de métodos (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Milhares de pinturas se perderam para a história, e ainda mais artistas vieram e se foram, alguns não deixando mais do que uma assinatura quase ilegível. Encontrar uma pintura a óleo sobre tela antiga, muitas vezes, leva a mais do que apenas uma nova peça de arte na parede; desenterrar uma antiga obra de arte pode levar a uma aventura de resolução de um mistério, uma espécie de missão cultural, à medida que você tenta descobrir quem produziu a peça.

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Verifique a parte de trás da tela. Em alguns casos, as informações sobre a pintura -- como o título, o ano em que foi criada e o nome do artista -- são impressas na parte de trás. Se o trabalho é emoldurado, retire o papel de suporte de proteção -- você pode encontrar embaixo o nome do artista impresso.

  2. 2

    Visite o banco de dados online de assinaturas de artistas criado pelo pesquisador em artes plásticas John Castagno: www.artistssignatures.com. Em 2011, esse banco de dados listava 50 mil artistas e 55 mil exemplos de assinaturas. Use o recurso "pesquisa reversa" para identificar monogramas, assinaturas ilegíveis, símbolos, assinaturas de sobrenomes comuns, assinaturas em cirílico e assinaturas em prakrit. Esse recurso mostra uma lista extensa de exemplos de assinatura. Percorra as imagens e clique em uma assinatura que corresponda àquela que está em sua pintura a óleo. Alguns dos serviços de Castagno têm uma pequena taxa de adesão, e o site oferece ainda serviços de apoio profissional por uma taxa maior.

  3. 3

    Consulte "The Encyclopedia of Artists' Signatures, Symbols & Monograms" (A enciclopédia de assinaturas, símbolos e monogramas de artistas), de H.H Caplan e Bob Creps. Encontre esse volume de 860 páginas, que indexa mais de 25 mil assinaturas, na seção de referências de sua biblioteca local ou na livraria de um museu de arte. Procure por assinaturas pela categoria de sua escolha, incluindo monogramas, símbolos e assinaturas ilegíveis ou enganosas.

  4. 4

    Visite galerias de arte locais, especialmente se você suspeitar que a peça é de origem local. Mostre a peça para o dono da galeria, detalhando onde e como você a adquiriu. Galeristas podem ser capazes de identificar o trabalho de um artista local, ou para colocá-lo em contato com alguém que possa. Leve a obra a um museu e se reúna com o curador ou o historiador da casa se os artistas locais não conseguirem identificar a peça. Se você tem uma lista de artistas em potencial, peça informações sobre todos os monogramas, símbolos ou nomes alternativos que eles podem ter usado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível