Mais
×

Como identificar uma bolsa Louis Vuitton Speedy 30 falsa

A bolsa Louis Vuitton Speedy 30 não é mais produzida, então o único modo de adquiri-la é comprando uma usada. No seu apogeu em 2009, a Sppedy 30 custava aproximadamente R$ 4.000,00. Se você vai gastar essa quantidade de dinheiro numa bolsa de grife, você deve se certificar de que ela seja verdadeira. Se for comprar a sua Speedy 30 em segunda mão, procure por sinais absolutos de que você está lidando com um artigo genuíno, ou arrisque ser enganado por um vigarista esperto.

Instruções

Bolsas genuínas apresentam sinais que as diferenciam das réplicas. (Kiyoshi Ota/Getty Images Entertainment/Getty Images)
  1. Procure pelas várias etiquetas e artigos que vêm com a bolsa. As bolsas Speedy não vêm com a etiqueta tradicional LV ou uma amostra de tecido genuíno. Uma bolsa Louis Vuitton Speedy 30 nunca terá uma etiqueta de preço anexada a ela, então se alguém disser que a bolsa foi comprada nova, que nunca foi usada e estiver com uma etiqueta, ela é claramente falsa.

  2. Abra a bolsa e encontre os números na etiqueta de couro dentro. Ao contrário da maioria das bolsas Louis Vuitton, as Speedy 30 têm códigos de data ao invés de números de série. O código é carimbado com a data de fabricação e é costurado na volta toda da etiqueta de couro, dentro da bolsa.

  3. Vire a bolsa e examine as costuras. Uma Louis Vuitton será sempre perfeitamente alinhada, o que significa que o padrão irá se alinhar em todos os lados da costura. Uma bolsa falsa usa tecido mais barato e acabamento de qualidade inferior, e é por isso que você perceberá padrões desalinhados em volta das costuras.

  4. Examine as ferragens da bolsa. As Speedy só usam, independentemente de suas cores, bronze e ouro, não apenas tinta dourada e absolutamente nunca a prata. Olhe para a fivela para garantir que a bolsa tenha "Louis Vuitton" gravado em letras garrafais embaixo dos dois parafusos da frente. Os zíperes também devem ter "LV" gravado em letras maiúsculas, repara o site BagBliss.com.

  5. Encontre a corrente de couro menor, que fica pendurada na alça esquerda da bolsa. Você deve ver um "#30" gravado no couro, não impresso. Impressões douradas ou pratas indicam uma falsificação.

  6. Avalie a condição, artesanato e preço da bolsa. Quando for comprar uma Louis Vuitton, você estará comprando o artesanato e materiais refinados que foram utilizados para fazer a bolsa. A Speedy 30 é uma bolsa muito popular, o que significa que ela será cara. Bolsas de grife raramente são vendidas por menos que 30% do preço original e você não conseguirá de volta o que você pagou se você pegar uma versão de menos de R$ 200,00. Procure por costuras apertadas, peças suaves e asseio em geral para garantir que você tem a peça verdadeira.

bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article