Como identificar uma bolsa Louis Vuitton Speedy 30 falsa

Escrito por kay ireland | Traduzido por kelly isayama
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como identificar uma bolsa Louis Vuitton Speedy 30 falsa
Bolsas genuínas apresentam sinais que as diferenciam das réplicas. (Kiyoshi Ota/Getty Images Entertainment/Getty Images)

A bolsa Louis Vuitton Speedy 30 não é mais produzida, então o único modo de adquiri-la é comprando uma usada. No seu apogeu em 2009, a Sppedy 30 custava aproximadamente R$ 4.000,00. Se você vai gastar essa quantidade de dinheiro numa bolsa de grife, você deve se certificar de que ela seja verdadeira. Se for comprar a sua Speedy 30 em segunda mão, procure por sinais absolutos de que você está lidando com um artigo genuíno, ou arrisque ser enganado por um vigarista esperto.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Procure pelas várias etiquetas e artigos que vêm com a bolsa. As bolsas Speedy não vêm com a etiqueta tradicional LV ou uma amostra de tecido genuíno. Uma bolsa Louis Vuitton Speedy 30 nunca terá uma etiqueta de preço anexada a ela, então se alguém disser que a bolsa foi comprada nova, que nunca foi usada e estiver com uma etiqueta, ela é claramente falsa.

  2. 2

    Abra a bolsa e encontre os números na etiqueta de couro dentro. Ao contrário da maioria das bolsas Louis Vuitton, as Speedy 30 têm códigos de data ao invés de números de série. O código é carimbado com a data de fabricação e é costurado na volta toda da etiqueta de couro, dentro da bolsa.

  3. 3

    Vire a bolsa e examine as costuras. Uma Louis Vuitton será sempre perfeitamente alinhada, o que significa que o padrão irá se alinhar em todos os lados da costura. Uma bolsa falsa usa tecido mais barato e acabamento de qualidade inferior, e é por isso que você perceberá padrões desalinhados em volta das costuras.

  4. 4

    Examine as ferragens da bolsa. As Speedy só usam, independentemente de suas cores, bronze e ouro, não apenas tinta dourada e absolutamente nunca a prata. Olhe para a fivela para garantir que a bolsa tenha "Louis Vuitton" gravado em letras garrafais embaixo dos dois parafusos da frente. Os zíperes também devem ter "LV" gravado em letras maiúsculas, repara o site BagBliss.com.

  5. 5

    Encontre a corrente de couro menor, que fica pendurada na alça esquerda da bolsa. Você deve ver um "#30" gravado no couro, não impresso. Impressões douradas ou pratas indicam uma falsificação.

  6. 6

    Avalie a condição, artesanato e preço da bolsa. Quando for comprar uma Louis Vuitton, você estará comprando o artesanato e materiais refinados que foram utilizados para fazer a bolsa. A Speedy 30 é uma bolsa muito popular, o que significa que ela será cara. Bolsas de grife raramente são vendidas por menos que 30% do preço original e você não conseguirá de volta o que você pagou se você pegar uma versão de menos de R$ 200,00. Procure por costuras apertadas, peças suaves e asseio em geral para garantir que você tem a peça verdadeira.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível