×
Loading ...

Como identificar emoções e sensações

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

A inteligência emocional é um conceito popularizado por Daniel Goleman. Ele postulou que assim como o QI (quociente intelectual), todos têm maiores ou menores habilidades ou talentos em leitura, identificação e reflexão sobre as próprias emoções e as dos outros. Para ter êxito em todos os aspectos da vida, inclusive em relações profissionais, é essencial ter inteligência emocional. Os indivíduos capazes de identificar e entender totalmente as próprias emoções e sensações, assim como as dos outros, mais provavelmente terão vidas plenas e produtivas.

Instruções

Algumas emoções são mais fácies de interpretar em algumas pessoas (Photos.com/AbleStock.com/Getty Images)
  1. Procure indícios que o ajudem a identificar a emoção da pessoa com a qual você está se comunicando. Examine sua linguagem corporal, expressão facial e note o volume e tom de sua voz para ajudá-lo a determinar a emoção ou sensação que está sendo transmitida.

    Loading...
  2. Preste atenção às palavras ditas para ajudá-lo a associar a emoção que está sendo expressa. Lembre-se que às vezes uma pessoa pode dizer palavras que expressam certa emoção, mas sua comunicação não verbal pode sugerir uma outra sensação. Por exemplo, sua esposa pode dizer que não está zangada, mas se estiver franzindo a testa e falando em tom alto e áspero, ou houver sugestão de sarcasmo em sua voz, ela ainda está provavelmente aborrecida com você.

  3. Diga às pessoas como você acha que elas estão se sentindo. Por exemplo, se acreditar que seu marido está se sentindo frustrado por algo que você disse, ou não disse, tente perguntar: "Você está frustrado?". Use uma voz calma, simpática, para assegurar que a pessoa, com a qual você está se comunicando, sinta-se apoiada e confie no que você está dizendo.

  4. Reconheça que é mais fácil interpretar algumas pessoas do que outras. Pratique a identificação de emoções das pessoas mais próximas a você porque é mais provável que sua interpretação seja correta. Confirme com elas se as está interpretando corretamente.

  5. Estenda às outras pessoas, que você não conhece tão bem, o seu conhecimento das expressões faciais, tom de voz e linguagem corporal das pessoas que lhe são mais próximas. Verbalize o que acha que estão sentindo de maneira empática. Por exemplo, se achar que alguém parece atemorizado porque sua sobrancelhas estão levantadas, os olhos estão se movimentado rapidamente de um lado a outro, o suor aparece em sua pele e há tremor em sua voz, tente perguntar: "Você está preocupada com alguma coisa?".

  6. Esteja atento até mesmo quando as pessoas negam sentir certas emoções, pois elas podem não estar dizendo a verdade. Confirme com outros que conhecem essa pessoa melhor que você o que pode estar causando suas fortes emoções para determinar se as está interpretando corretamente.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...