Como identificar objetos de antiguidade e prata autênticos

Escrito por ehow contributor | Traduzido por jéssica rodrigues
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como identificar objetos de antiguidade e prata autênticos
Joias de prata podem ter vários tipos de sinais distintivos, dependendo do desenhista (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Joias clássicas e antigas são colecionáveis populares, mas muito compradores deixam passar desapercebidamente ótimas joias por não saber quais são legítimas. Existem algumas características que você deve procurar quando estiver a caça de joias antigas que indicam o que pode ser um achado ou não. Leve uma lente de aumento quando for fazer compras, pois as marcas de identificação em joias de prata autênticas antigas podem ser bem pequenas.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Joias
  • Lente de aumento ou lupa

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Selecione ou procure por joias prateadas na próxima vez que for a um mercado de pulgas, feira de antiguidades ou loja de colecionáveis. Use uma lente de aumento ou lupa para determinar características e marcas na joia.

  2. 2

    Procure por marcas, geralmente na parte de dentro ou no fecho. Se estiver marcado 800, é considerada "prata de moeda", que é 80% prata e 20% liga metálica. Prata de lei deve ter a marca .925. Esse número significa melhor qualidade da prata de lei e é encontrado em joias mais antigas. O número .835 é comum em prata europeia mais antiga.

  3. 3

    Procure por outras marcas de números. Se a peça for marcada com um T, significa que é prata nova (a partir de 1970) e provinda do México. É geralmente marcada em .925 e aparece "México" em algum lugar da peça.

  4. 4

    Veja se existe uma marca de país de origem. Muitas da joias mais novas têm uma etiqueta de papel que pode ser removida, mas as mais antigas são marcadas com o país de origem. Conheça os países que produziam joias de prata mais antigas.

    A Tailândia está novamente fazendo joias para exportação, mas a boa e antiga é marcada "Siam" e provavelmente com "sterling".

    Países escandinavos produziram grandes joias com prata de lei e, entre os mais conhecidos fabricantes, estava "David Andersen, Georg Jensen and Norway Sterling". A peça leva a marca do logotipo do fabricante e a palavra "sterling".

    Algumas joias de prata de lei são marcadas com "Plata" e são geralmente de prata mexicana antiga.

  5. 5

    Conheça as inscrições que não são de prata de lei. Isso inclui "Alpaca", um tipo de prata niquelada do México. "Hecho en Mexico" é encontrado com frequência em joias e não há indicação do metal de fabricação.

    Prata niquelada, como Alpaca, não é prata. Geralmente, esse material é uma liga de zinco, cobre e níquel alemão. É usada em algumas joias, fivelas de cintos e prataria.

    Bijuteria leva, com frequência, inscrições com uma marca de fabricante. Essas peças não são, geralmente, feitas com metal precioso e devem ser melhor identificadas como "prateado".

  6. 6

    Muitas joias do sudoeste e americanas nativas não são marcadas e são peças de lei maravilhosas de outra época. Saiba que muitas delas são realmente autênticas.

    Se você encontrar uma peça que acredita ser autêntica e não for marcada, pode checar com um kit de teste com ácido líquido. Entretanto, isso pode ser desnecessário se você aprender a sentir a prata de lei e souber como olhá-la. Use uma lupa para olhar atentamente para os cantos e pontas e veja se consegue enxergar o desgaste. Se enxergar camadas de metal sobrepostas, não está olhando para uma peça de prata de lei. Pode ser prataria ou outro produto. Prata de lei é lisa, se for de boa qualidade.

    Você pode aprender como identificar prata de lei ou outras gradações de prata com um pouco de prática e estudo e, se necessário, pode adquirir um kit de teste com ácido.

Dicas & Advertências

  • Se usar um kit de teste com ácido, assegure-se de não derramar a substância cáustica. Como a maioria dos ácidos, pode corroer qualquer aquilo que tocar — até mesmo o acabamento de um piso de madeira.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível