Como identificar pedras verdes semipreciosas

Escrito por kelly wall | Traduzido por ana lidia lira ribeiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como identificar pedras verdes semipreciosas
As pedras semipreciosas têm vários tons de verde e outras cores (Zedcor Wholly Owned/PhotoObjects.net/Getty Images)

A grande variedade de pedras semipreciosas verdes pode tornar difícil identificar um tipo específico à primeira vista. No entanto, conhecer classificações diferentes para as pedras pode ajudá-lo a identificá-las. Muitas vezes você pode classificar uma pedra por observação, sem o uso de equipamentos científicos ou testes. Anote todas as observações que fizer para comparar com as classificações em seu livro de pedras preciosas. Se uma pedra é semelhante a duas variedades diferentes de pedras semipreciosas verdes, você pode continuar o teste ou pedir a um gemólogo profissional para avaliá-las.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Livro de pedras preciosas
  • Lupa
  • Roda de cores

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Limpe a pedra de qualquer sujeira ou detritos com água e um pano macio. Você precisa vê-la com clareza para determinar o que é.

  2. 2

    Coloque a pedra sob a luz e determine a sua transparência. Se você pode ver claramente através da pedra, ela é transparente. Se não consegue ver através dela de modo algum, é opaca. Se você pode ver, mas a imagem fica embaçada, é translúcida. Só para citar algumas das variedades verdes semipreciosas: dioptase, atacamita, variscite, olivina e pedras peridoto são de transparente a translúcidas. A malaquite, por outro lado, vai de translúcida a opaca. A turmalina pode ser transparente, translúcido ou opaca.

  3. 3

    Enquanto a pedra está sob a luz, compare a cor da mesma com tons de verde na roda de cores. A dioptase é de esmeralda a azul esverdeado. A atacamita varia de verde-claro ao verde-escuro, enquanto a malaquita é geralmente de um verde forte. Olivina e peridoto variam de verde para verde-amarelado. A turmalina pode ter qualquer um destes tons ou aparecer como verde em uma extremidade e rosa na outra, o que é conhecido como turmalina melancia.

  4. 4

    Realize um teste do traço. Esfregue a pedra contra um pedaço de papel sobre uma superfície dura. A cor do pó que resultar irá ajudar a determinar a verdadeira cor da pedra. A malaquita faz um traço verde-pálido, enquanto olivina, peridoto e turmalina fazem um risco incolor. O traço da dioptase é de um azul-esverdeado pálido e o da atacamita é verde-maçã.

  5. 5

    Determine o brilho da pedra sob a luz. Pode ser vítreo, refletindo a luz como o vidro; metálico, brilhando como um pedaço de metal; ou mate, sem mostrar brilho algum. Dioptase, atacamita, malaquita, olivina, peridoto e turmalina têm um brilho vítreo, enquanto variscite tem um brilho de vítreo a mate.

  6. 6

    Se você encontrou a pedra sozinho, registre o lugar onde a descoberta aconteceu. Se foi em um local natural, esta informação pode ajudar a eliminar possibilidades. Por exemplo, a malaquita existe em nove países, dioptase em sete países e peridoto e olivina em seis.

  7. 7

    Estime a dureza da pedra na escala de Mohs. Você pode fazer isso usando um objeto cotidiano com uma dureza conhecida. Moedas têm uma dureza de 3,5, vidros de 6 e lâminas de faca de 5,5. O quartzo tem uma dureza de 7; você pode usá-lo para testar outras pedras. Teste a dureza tentando arranhar a pedra com um desses objetos. Malaquite tem uma dureza de 3,5 a 4; variscite de 3,5 a 4,5; peridoto e olivina de 6,5; dioptásio tem uma dureza de 5; atacamita de 3 a 3,5; e turmalina de 7 a ,.5.

  8. 8

    Compare as informações que você gravou com as informações listadas em seus livros de pedras preciosas. Se as propriedades de sua pedra coincidem com as de uma pedra nos livros, você pode fazer uma identificação positiva.

Dicas & Advertências

  • É uma boa ideia usar mais de um livro de pedras preciosas. Diferentes livros têm informações ligeiramente diferentes sobre a aparência exata das pedras, o que pode ajudar a determinar melhor qual tipo você tem.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível