Como identificar projéteis de pedra e pontas de flecha

Escrito por wesley demarest | Traduzido por bianca amorim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como identificar projéteis de pedra e pontas de flecha
Forma de uma ponta de flecha e base material oferecem chaves de identificação (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

As populações nativas criaram pontas de flechas e outros projéteis de pedra de sílex, obsidiana e outras rochas, e ainda é comum encontrar esses artefatos nas áreas onde os indígenas viviam e caçavam. Procure peças de rocha que são pontudas em suas extremidades e claramente trabalhadas em torno das bordas. Você vai ser capaz de distinguir uma ponta de flecha e de lança de um raspador, lâmina ou outra ferramenta, procurando por algumas características chave. A maioria das pontas de seta são pequenas, com pontas finas e bases entalhadas. Pontas de flechas, projéteis e outras ferramentas de pedra foram criadas através do processo de entalhe lítico, uma arte de quatro milhões de anos de idade, que envolve bater uma pedra para alcançar formas específicas. Por exemplo, os nativos usavam uma ferramenta pontiaguda, como um pedaço de chifre de veado para bater nas bordas de uma rocha, removendo gradualmente flocos finos para criar entalhes e bordas afiadas.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Examine a forma do projétil de pedra. A forma de uma ponta de flecha é muitas vezes uma pista para a sua idade. Por exemplo, os arqueólogos acreditam que a maioria das pontas de lanças encontradas entre as Montanhas Rochosas e a costa leste da América do Norte foram criadas entre 11.300 e 10.200 anos atrás. Pontas de seta com entalhes laterais, por sua vez, foram criadas milhares de anos mais tarde. Quase todas as culturas paleo-indígenas adotaram, eventualmente, pontas triangulares sem entalhe, de acordo com o Centro de Arqueologia do Vale do Mississippi na Universidade de Wisconsin-La Crosse.

  2. 2

    Examine o tipo de material utilizado para fazer a ponta da seta. Sabendo o tipo de rocha ou material pode ajudar a identificar características chave. Se você encontrar uma ponta de flecha feita de sílex, por exemplo, você pode supor que ela se originou em áreas com grandes depósitos de rochas sedimentares. Um pouco de investigação sobre a geologia da área pode, eventualmente, ajudar a localizar o ponto de origem, uma visão que pode levar a alguma especulação agradável sobre a cultura de quem criou a seta. Pontas de seta de épocas posteriores foram criadas a partir de uma variedade cada vez mais ampla de materiais, especialmente quando culturas entraram em confronto no século 19. Colecionadores amadores que mantêm o site WesternArtifacts.com listam um exemplo feito de vidro vermelho de estrada de ferro - um sinal de que a flecha foi criada em tempos mais modernos.

  3. 3

    Verifique se ambos os lados da ponta mostram marcas esculpidas, como um indicador de autenticidade. Pontas de flechas e projéteis de pedra que parecem trabalhados em apenas um lado muitas vezes são criações modernas vendidas em lojas de presentes.

  4. 4

    Registre as suas descobertas. Use um mapa ou um diário para registrar os locais onde foram encontrados os projéteis de pedra. Conforme os seus registros crescem, você descobrirá a sua utilidade na identificação de resultados futuros.

Dicas & Advertências

  • Contate um arqueólogo se você está em dúvida. Universidades e museus, muitas vezes, trabalham com o público para identificar e documentar achados arqueológicos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível