Como identificar um Rolex modelo Oyster Perpetual falsificado

Escrito por vanessa padgalskas | Traduzido por poliana r. garrido
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como identificar um Rolex modelo Oyster Perpetual falsificado
A marca Rolex é muito falsificada (The Image Gate/Getty Images Entertainment/Getty Images)

A Rolex é a maior fabricante de relógios de luxo no planeta. As falsificações são comuns e podem ser vendidas online para algum comprador que espera receber um relógio genuíno. Vende-se as réplicas de boa qualidade por um alto preço e é muito mais difícil identificar sua autenticidade. Com algumas dicas simples, você pode examinar seu Rolex e dizer a diferença entre um autêntico modelo Oyster Perpetual e uma cópia.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Como identificar

  1. 1

    Vire o Rolex Oyster Perpetual com o mostrador para baixo. A parte detrás da caixa do relógio não deve ter nada gravado e e deve ser de aço inoxidável sólido ou ouro. Algumas réplicas têm logotipos da Rolex gravados na parte de trás e cópias baratas tem a caixa totalmente limpa.

  2. 2

    Verifique o holograma adesivo. Um Rolex Oyster novinho em folha terá um holograma adesivo atrás da caixa quando sai da loja. A marca holografica 3D é de uma coroa da Rolex no meio com o número de série embaixo. Os falsos podem vir com um adesivo, mas este nem será um holograma, muito menos, terá a coroa e o número de série.

  3. 3

    Olhe o cristal de ampliação a direção da data. Ele está posicionado sobre o mês para deixar o número maior. No modelo Oyster Perpetua a data está posicionada às 3 horas. Em um Rolex genuíno, o cristal está amplia 3 vezes esse número, mas as cópias conseguem apenas 2 vezes ou menos.

  4. 4

    Sinta os cantos dos elos, os quais tocam seu pulso quando em uso. Todo Rolex de pulseira, também chamada bracelete, é feio de vários elos que são mantidos unidos por pinos. Eles também são feitos de aço inoxidável ou ouro. Os elos de uma réplica terão uma borda mais nítida do que os de um autêntico. Os do Rolex parecem algo mais lisos nos cantos.

  5. 5

    Posicione uma lupa sobre a posição das 6 horas e localize uma pequena coroa da Rolex gravada dentro do cristal do mostrador. O fabricante começou a gravar essa coroa no mostrador em 2002 e todos os relógios feitos depois de 2004 possuem essa marcação. Uma cópia pode não ter a coroa, ou tê-la bem menos nítida que um original. Visite a página citada nas referências abaixo para ver uma imagem da coroa em ambos, um verdadeiro e um falso.

Dicas & Advertências

  • Leve seu Rolex Oyster Perpetual para um relojoeiro autorizado, que pode abrir seu relógio e dizer-lhe se ele tem, ou não, um mecanismo Rolex autêntico.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível