Como identificar sua extensão vocal para o canto

Escrito por steven j. miller | Traduzido por jesse mourao
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como identificar sua extensão vocal para o canto
Identificar a extensão vocal torna possível selecionar as músicas adequadas (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Conhecer o seu alcance vocal é um elemento essencial para se tornar um cantor de sucesso. As classificações de vozes ajuda na escolha de músicas apropriadas para seu tipo de voz. Um mezzo-soprano não deve cantar músicas para soprano, uma vez que não adequadas e podem prejudicar as cordas vocais do cantor. O Passágio - o ponto em que há uma mudança no registro - nas vozes soprano e mezzo-soprano são ligeiramente diferentes. Os compositores escrevem baseados no passágio e alcance vocal médios de um cantor. O não cumprimento destas orientações e o canto fora de suas extensões apropriadas pode causar ferimentos.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Piano

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Com um aquecimento adequado, prepare a sua voz para cantar. Emita o som de um zumbido, juntando os lábios e soprando entre eles. Comece tocando, no piano, o C médio. Essa nota está localizada à esquerda do duplo conjunto de teclas pretas no centro do piano. Comece acompanhando, com o zumbido, as cinco primeiras notas do piano, então faça a escala de volta, descendo até voltar a nota original.

  2. 2

    Encontre a nota mais baixa em seu registro, iniciando no C médio e cantando até a nota mais baixa nele. Siga na direção oposta para encontrar sua nota mais alta e escreva-as.

  3. 3

    Localize o Passágio mais baixo. A partir da nota mais baixa do seu registro, comece a cantar semitons com o piano até perceber uma mudança no registro vocal. Você sentirá uma mudança física em seu registro quando passar o Passágio. Anote onde ocorre essa mudança e escreva a nota exata.

  4. 4

    Identifique o seu registo, combinando seu passágio e extensão total com os intervalos típicos de outros tipos de voz. Para os homens, a classificação será baixo, barítono ou tenor. As mulheres podem ser altos, mezzo-sopranos e sopranos. Selecione o registro que mais se aproxima de sua extensão; essas classificações não estão gravadas em pedra e podem variar um pouco.

Dicas & Advertências

  • Os baixos podem cantar a partir do segundo F abaixo do C médio até o E pouco acima do C médio. O passágio ficará entre o G, abaixo do C médio, e o A logo abaixo do C médio.
  • Os barítonos têm a mesma notas dos baixos, mas eles podem cantar até o G acima do C médio. E o passágio estará entre o Bb, um pouco abaixo do C médio e do B.
  • Os tenores têm uma extensão desde o C abaixo do C médio até o G acima do C médio. O passágio ficará entre o C-#, meio tom acima do C médio, e o E.
  • Os altos cantam entre o E, abaixo do C médio, e o E no último espaço da pauta na clave de sol. O passágio ficará entre o E# e o E acima do C médio.
  • Os mezzo-sopranos têm uma extensão desde o A, abaixo do C médio, e o E no último espaço da pauta na clave de sol. O passágio ficará entre o F acima do C médio e o F#.
  • Já os sopranos cantam entre o C médio e o A acima da pauta na clave de sol, embora muitos consigam cantar muito mais alto. O passágio ficará entre o F#, acima do C médio, e o G.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível