Como identificar uma vara de pescar japonesa feita de bambu

Escrito por jeffery keilholtz | Traduzido por vanessa silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como identificar uma vara de pescar japonesa feita de bambu
Vara de pescar de precisão japonesa, feita de bambu (Fly Fishing image by ne_fall_photos from Fotolia.com)

A fabricação de varas de pescar japonesas feitas de bambu é uma arte antiga, que teve seu início no fim do século XV e no começo do século XVI. O bambu — originalmente plantado e colhido para a construção de arcos, flechas e outras armas — mostrou-se útil para pesca também. A flexibilidade e a durabilidade do bambu se tornaram os principais benefícios para transformar esta madeira natural em uma vara de pesca. Suas características específicas fazem com que ela seja facilmente identificada.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Transferidor
  • Caneta
  • Papel

Lista completaMinimizar

Instruções

    Como identificar uma vara de pescar japonesa feita de bambu

  1. 1

    Coloque seu dedo na ponta da vara. Pressione a ponta para baixo para que a vara comece a dobrar, formando um arco. Dobre-a até sentir uma resistência no arco. Sobre uma mesa, segure o arco e coloque a haste rente a um pedaço de papel. Trace o ângulo do arco no papel e então remova a haste.

    Pegue um transferidor e meça o ângulo do arco. Para isto, coloque o retículo na base do transferidor no ponto da imagem desenhada na parte onde começa o arco. A vara japonesa tradicional arqueia no máximo de 60,5 a 61 graus.

  2. 2

    Examine o epóxi. Estas varas são seladas com laca Urushi. A laca é uma substância escura marrom à base de cola com uma textura de saplike. O Urushi é conhecido por suportar pressões excessivas, tanto de calor como de água.

  3. 3

    Desmonte a vara de pescar. As varas de pescar japonesas tradicionalmente se dividem em quatro seções, cada uma com diferentes espessuras. Coloque as duas peças mais finas na câmara oca da peça mais grossa. O cabo de uma vara de pescar japonesa — a parte mais longa e grossa — é tradicionalmente vazado, e possui espaço para armazenar até duas das partes mais finas. Uma vara japonesa tradicional, totalmente conectada, pode estender-se a três metros e meio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível