×
Loading ...

Por que a Igreja Católica resistiu ao heliocentrismo?

Atualizado em 17 abril, 2017

Atualmente, a teoria heliocentrista é ensinada em todas as escolas e amplamente aceita, exceto por uma pequena minoria de comunidades, como a compreensão definitiva do universo. Ela propõe que a Terra gira em torno do Sol anulando, dessa forma, a teoria geocêntrica anteriormente aceita, a qual defendia que o universo girava em torno de nosso planeta. Galileo Galilei, Nicolau Copérnico e Johannes Kepler são alguns dos cientistas mais famosos relacionados com o heliocentrismo.

O trabalho de cientistas do passado ajudou a derrubar a noção católica do geocentrismo (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

"Da revolução de esferas celestes" e mais

Nicolau Copérnico escreveu "Da revolução de esferas celestes", em 1543, como uma defesa meticulosa da teoria heliocêntrica, e dedicou ao Papa Paulo III. É por isso que o heliocentrismo algumas vezes é chamado de Teoria de Copérnico. A obra é uma referência na revolução científica e na Astronomia moderna, pois rejeitou a teoria geocêntrica do universo. O trabalho anunciou uma nova era, na qual o heliocentrismo não só era uma teoria legítima, como também a única aceita. Johannes Kepler complementou a pesquisa de Copérnico ao descobrir que a Terra e os outros planetas não giram ao redor do sol em círculos, mas em formas elípticas. Galileo Galilei, posteriormente, ajudou a propagar a teoria heliocêntrica devido à notoriedade de seu julgamento durante a Inquisição Romana e o consequente veredito de herege.

Loading...

Rejeição católica

A Igreja Católica por muito tempo rejeitou o heliocentrismo, em parte porque pregava que a Terra era o centro do universo, conforme interpretação do mito bíblico da criação. Também existe um Salmo (93) que foi compreendido como evidência para a teoria geocêntrica: "A Terra está firme no seu lugar e não poderá ser abalada." Especificamente, membros da Igreja Católica usaram esse versículo para pregar que a Terra não girava em torno de nada por estar "firme no seu lugar". Isso vai na direção oposta à ideia heliocentrista da órbita dos planetas.

Medidas católicas contra o heliocentrismo

A Igreja proibiu Galileu de ensinar o heliocentrismo e baniu o trabalho de Copérnico devido ao risco de maldição. Esses decretos dissuadiram cientistas e pensadores de expor o tema, ao menos publicamente, até que ele fosse provado indubitavelmente como "verdadeiro", e não uma mera teoria, por meio dos trabalhos de Galileu com telescópios. Tais descobertas colocaram-no em confronto direto com a Igreja, que o puniu conforme suas leis, muito embora ele não desejasse enfrentar a religião para se tornar famoso ou uma espécie de mártir.

Anticientificismo e Iluminismo

Embora a Igreja Católica tenha sido criticada como anticientífica, e por mais que sua Reforma tenha sido um obstáculo para o cientificamente motivado Iluminismo europeu, a Igreja Protestante também não aceitou o heliocentrismo a princípio.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...