Impacto ambiental da energia hidráulica

Escrito por samuel sohlden | Traduzido por marina pastore
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Impacto ambiental da energia hidráulica
Uma típica barragem usada para criar energia hidráulica (dam image by michael langley from Fotolia.com)

A energia hidráulica é a maior fonte de energia renovável no mundo. Seu impacto ambiental imediato é muito menor do que os de fontes baseadas em hidrocarbonetos em termos de emissão de poluentes e de gases de efeito estufa. Mas seu efeito na fauna e na flora nativas pode ser imenso e, muitas vezes, desastroso. Analisando como a energia hidráulica afeta a natureza, pode-se entender melhor como melhorar o uso desta tecnologia de maneira favorável ao meio ambiente.

Outras pessoas estão lendo

Função

A energia hidráulica requer água em movimento e um método de extrair energia deste movimento. Embora barragens sejam o dispositivo mais conhecido para criar esse tipo de energia, também é possível obtê-la das marés e ondas. De acordo com o Environmental Literacy Council (Conselho para a Instrução Ambiental, do original em inglês), "a energia hidrelétrica vem do processo de usar a energia da água que se move de uma elevação mais alta para uma mais baixa, girando turbinas hidráulicas para criar eletricidade". Esta energia é, então, usada para girar um rotor. Este rotor gira um ímã, que, por sua vez, movimenta elétrons através de uma grande bobina. Esta produz uma corrente alternada, resultando em eletricidade utilizável.

Impacto ambiental

Quando o reservatório de uma barragem é inicialmente inundado, todas as plantas são deixadas para trás e apodrecem. De acordo com um estudo publicado em Mitigation and Adaption Strategies for Global Change (Estratégias de Mitigação e Adaptação para Mudança Global), foi estimado que a barragem de Curuá-Una, no Pará, produz 3,5 vezes mais emissões estufa do que a quantidade que teria sido gerada usando petróleo. Uma barragem também pode causar danos ao meio ambiente devido a mudanças no oxigênio dissolvido. Esta mudança é causada pelo aumento no crescimento de plantas e algas devido à retenção de sedimentos e nutrientes, assim como material vegetal em decomposição.

Impacto ambiental da energia hidráulica
Muita terra é necessária para criar uma represa (resevoir in whitney point, new york image by Micah Jared from Fotolia.com)

Fauna afetada

A fauna afetada começa com as espécies mais associadas à água para sua sobrevivência, incluindo peixes e insetos aquáticos. Embora possa parecer que os danos terminem aí, a fauna fora da água também pode ser afetada. Quando organismos na água começam a desaparecer, animais como pássaros e ursos não têm mais uma fonte viável de alimentos. Este efeito então percorre a cadeia alimentar, possivelmente levando à extinção ou ameaçando a sobrevivência de alguma espécie.

Impacto ambiental da energia hidráulica
Represas podem privar pássaros de sua fonte de alimento (eastern spinebill 3. image by mdb from Fotolia.com)

Os danos podem se espalhar

À medida que a água flui da barragem para os rios e, por fim, para o mar, ocorre uma mudança na composição da água, causando danos à vida selvagem. Um exemplo é a Barragem das Três Gargantas, no rio Yang-tsé, na China. Esta barragem reduziu os sedimentos no rio em 80%. Uma das substâncias nos sedimentos é o silicone. Um micro-organismo chamado diatomácea precisa de silicone para formar sua concha. As diatomáceas formam a base da cadeia alimentar no Mar da China Oriental. Como a barragem reduziu drasticamente a exportação de sedimentos ricos em nutrientes para o mar, a população de peixes que depende indiretamente do consumo de diatomáceas vai provavelmente cair severamente.

Impacto ambiental da energia hidráulica
Barragens impedem que os nutrientes fluam para o oceano, reduzindo as populações de peixes (Dry fish on a dish in the form of a fish image by terex from Fotolia.com)

Reduzindo o impacto sobre o meio ambiente

O impacto ambiental da energia hidráulica pode ser reduzido. Um programa de certificação criado pelo Low Impact Hydropower Institute (Instituto para a Energia Hidráulica de Baixo Impacto) classifica instalações como de baixo impacto se elas forem capazes de passar por uma série de testes. O objetivo de programas como este é despertar o interesse do consumidor sobre como reduzir o impacto ambiental da energia hidrelétrica. Colocando as saídas de água no topo da barragem, água morna e cheia de oxigênio vai para o rio, ao invés de água fria e pobre em oxigênio. Escadas para peixes também permitem que espécies como o salmão nadem rio acima para botar seus ovos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível