Impactos positivos do BRIC

Escrito por chris rowling | Traduzido por joris bianca silva
Impactos positivos do BRIC
O Brasil é um dos países que compõem o BRIC (Comstock Images/Stockbyte/Getty Images)

O acrônimo BRIC se refere a Brasil, Rússia, Índia e China, que são vistos como as maiores economias emergentes do mundo desenvolvido. A China, especialmente, é vista como uma potência econômica que pode dominar o próximo século. Embora o impacto dessas economias emergentes seja muitas vezes retratado como negativo para o mundo desenvolvido, elas oferecem alguns serviços vitais que ajudam não só as próprias economias, como a economia global como um todo.

Mão de obra

As indústrias vêm decaindo por décadas na Europa e América do Norte devido ao aumento do preço de matéria-prima e mão de obra. Esses empregos foram substituídos por engenharia de alta tecnologia, mas ainda há demanda para a indústria pesada, que agora se mudou para as economias do BRIC. Os custos de mão de obra são muito menores nesses países e a importação de matérias-primas pode ser barata. A principal crítica é que muitos trabalhadores desses países poderiam ser classificados como mão de obra escrava no mundo desenvolvido.

Investimento

Os serviços financeiros estão atualmente dominando a indústria no mundo desenvolvido. As economias do BRIC oferecem negócios com oportunidades de investimento fantásticas que ajudaram a estabilizar os preços durante a crise econômica e provêm um mercado maior, que é necessário para os EUA revitalizarem sua economia.

Crescimento global

A Europa e EUA, por décadas, tiveram posse da vasta maioria da riqueza mundial e uma fração dos consumidores. Conforme as economias das nações do BRIC melhoraram, melhorou, igualmente, o poder de compra de seus cidadãos. Isso levou oportunidades de exportação de bens produzidos nos EUA muito maiores para esses países. O mercado também tem visto marcas e lojas de renome se expandindo para Ásia e América do Sul, para preencher uma lacuna ainda não preenchida pelos fornecedores de serviços locais.

Desenvolvimento internacional

A baixa econômica global atingiu com mais força as nações desenvolvidas, visto que elas contavam muito com serviços financeiros. Os países do BRIC, que têm economia voltada mais para a manufatura, conseguiram escapar dos problemas e atualmente estão se expandindo rapidamente. Tem havido enormes investimentos no exterior por parte desses países para garantir recursos naturais e negócios. A China, especialmente, está investindo em nações africanas, onde paga pela exploração do petróleo e barganhas preferenciais. Em teoria, isso levaria ao aumento das condições econômicas na África.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível