A importância do comportamento organizacional e seus efeitos em uma companhia

Escrito por casey reader | Traduzido por juliana s. zoccoli
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A importância do comportamento organizacional e seus efeitos em uma companhia
As diferenças entre as estruturas organizacionais (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

Diferentes estruturas organizacionais tendem a produzir certos tipos de comportamento nas pessoas que trabalham dentro delas. A natureza do comportamento organizacional desse tipo é importante no desempenho de uma empresa. Estruturas organizacionais diferentes produzirão diferentes tipos de empresas, cada uma com seus pontos fortes e fracos. Ao compreender melhor a natureza do comportamento organizacional, é possível dar um grande passo para a compreensão de como as empresas são administradas.

Outras pessoas estão lendo

Estruturas verticais

A forma tradicional de estrutura organizacional, como foi descrita pelo sociólogo Max Weber, envolveu uma estrutura hierárquica que funcionou de forma vertical. Isso significa que um nível de gestão reporta-se a um outro, e assim por diante, por toda a organização. Essa forma produz uma outra de comportamento mais regrado; as pessoas aprendem seus lugares como partes de um todo maior. Weber comparou esse tipo de estrutura de organização à uma máquina.

Estrutura horizontal

Estruturas organizacionais horizontais são menos comuns no mundo dos negócios desde a Revolução Industrial, mas tornaram-se mais viáveis desde o advento da tecnologia da informação. Nessa estrutura, existe pouca ou nenhuma hierarquia de administração e todas as partes do sistema interagem umas com as outras. O comportamento desse tipo de organização é, provavelmente, mais anárquico, já que mais pessoas sentem a autonomia individual e independência. A cultura é mais importante do que as regras formais.

Centralização

Organizações centralizadas concentram mais poder em poucas mãos. Isso, muitas vezes, permite que os gestores de uma organização sejam mais flexíveis e dinâmicos, como há menos vozes dissidentes que importam. Esse tipo de gestão tem menos necessidade de consenso quando implementa uma mudança. No entanto, isso nem sempre resulta em uma empresa mais dinâmica, já que o gerenciamento centralizado, muitas vezes, pode tornar-se acostumado com seus próprios modos e menos sensível ao conhecimento geral existente dentro de uma organização.

Descentralização

Estruturas organizacionais descentralizadas difundem as tomadas de decisão por toda uma organização. Isso faz da gestão de cima para baixo uma questão mais difícil, já que para implementar qualquer estratégia ou mudança deve haver uma quantidade razoável de consenso. Esses tipos de organizações podem produzir empresas dinâmicas, no entanto, já que todas as diferentes partes de uma organização implementam suas próprias políticas e mudanças com base em seu conhecimento local.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível