A importância do DNA recombinante

Escrito por jacklyn dephoff | Traduzido por ricardo torres iupi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A importância do DNA recombinante
rDNA é uma sigla para Ácido Desoxirribonucleico Recombinante (Image by Flickr.com, courtesy of Jer Thorp)

DNA recombinante, ou rDNA, é a ciência por trás dos animais transgênicos, culturas resistentes a insetos, insulina artificial e outros organismos "mutantes" ou geneticamente modificados, também conhecidos como OGMs.

O rDNA é importante em virtualmente todos os campos da ciência desde a conclusão do mapa do genoma humano à criação de hormônios artificiais humanos e a criação de produtos altamente renováveis ​​e sustentáveis​​. Em geral, o rDNA substitui as lentas abordagens clássicas para melhorar a qualidade de vida dos organismos.

Outras pessoas estão lendo

Definição

O ácido desoxirribonucleico é o código genético que contém seus traços herdados, como a cor dos seus olhos, cabelo e pele. O DNA recombinante é artificialmente criado através da combinação de DNA a partir de duas fontes diferentes. O ponto-chave é que o rDNA não ocorre naturalmente.

Mapeamento dos genes

Parte do sucesso do projeto genoma humano é atribuído aos avanços da tecnologia de DNA recombinante. Em um relatório do Instituto médico Howard Hughes, o editor de ciência Beverly Merz afirma que "a tecnologia do DNA recombinante começou a revolucionar a biologia. Esses avanços resultaram em uma explosão de conhecimento sobre a localização dos genes humanos". Em particular, o rDNA permitiu aos pesquisadores virtualmente "cortar e colar" DNA, o que levou a estratégias de mapeamento de genes flexíveis.

A conclusão do projeto genoma levou a uma melhor compreensão da estrutura genética do ser humano — suas semelhanças e diferenças —, bem como os defeitos que causam algumas doenças.

Aplicações terapêuticas e cuidados de saúde

Na medicina, o DNA recombinante é utilizado para criar drogas terapêuticas, proteínas humanas artificiais e hormônios para o tratamento de doenças genéticas que não podem ser tratadas por métodos tradicionais. Alguns dos medicamentos geneticamente modificados incluem a vacina da hepatite B, um fármaco de insulina para diabéticos e eritropoietina para as doenças relacionadas com o sangue.

Produtos agrícolas de alta qualidade

O DNA recombinante contribui muito para as pesquisas agrícolas que buscam o desenvolvimento de novas tecnologias que permitem a produção de alta qualidade das culturas. Estas plantas são importantes fontes de alimentos para seres humanos e animais, e também são utilizadas na fabricação de produtos como papel e roupas.

Alguns dos avanços agrícolas envolvendo rDNA incluem culturas resistentes a insetos, herbicidas e vírus. Além disso, alguns produtos agrícolas são geneticamente modificadas para ter uma vida útil mais longa e "valiosa", como o arroz enriquecido.

Energia sustentável

No desenvolvimento industrial, em comparação com os avanços da medicina e da agricultura, o DNA recombinante ainda está em sua infância. Um dos objetivos fundamentais é a produção de baixo custo de matérias-primas renováveis ​​que possam substituir os recursos fósseis. Além disso, o rDNA vai ajudar a maximizar recursos industriais utilizando alternativas biológicas, que são altamente sustentáveis.

Alguns dos avanços conhecidos nessa área que utilizam as técnicas de rDNA incluem o biocombustível, a biomassa e as bio-refinarias — todos esses lidam com produtos sustentáveis​​, combustíveis e energia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível