A importância da ética nos negócios no novo milenio

Escrito por grant houston | Traduzido por fernando prezotto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A importância da ética nos negócios no novo milenio
A falta de ética nos negócios pode levar a resultados desastrosos para empresas, funcionários e sociedade (Comstock/Comstock/Getty Images)

Ética nos negócios se tornou uma preocupação tanto para empresas como para a sociedade, graças ao colapso de companhias como Enron, WorldCom, Arthur Anderson e Adelphia Communications. Algumas pessoas veem as empresas como entidades que são responsáveis pelo bem estar da sociedade. Porém, o ganhador do prêmio Nobel de economia Milton Friedman diz que corporações tem uma responsabilidade ética de confiança com acionistas e não devem nada a sociedade. Muitos negócios tornaram a ética em uma ferramenta de relações públicas para promover a imagem de sua empresa, em um esforço para aumentar lucros criando lealdade do consumidor.

Outras pessoas estão lendo

Ética nos negócios e seu papel na sociedade

Ética nos negócios é uma área da filosofia adora sendo ensinada em universidades e escolhas de negócios por todo o país. Empresas estão usando o departamento de relações publicas para promover a ideia de que elas são socialmente responsáveis e que trabalham para o benefício da sociedade além do lucro corporativo. A suposição de que empresas na verdade tenham uma obrigação para com a sociedade. Empresas de fins lucrativos são criadas por um motivo: gerar dinheiro para os proprietários. Empresas sem fins lucrativos, entretanto, são criadas para beneficiar a sociedade.

Duas escolas de pensamento em ética e lucros

Duas escolas do pensamento geral existem em ética e lucros. Uma sugere que o relacionamento simbiótico existe onde o foco principal da empresa é onde o lucro naturalmente beneficia a sociedade. A segunda escola do pensamento é que as empresas devem pensar primeiramente no bem para a sociedade, o que depois gerará benefícios para os acionistas. O problema com a segunda é que as corporações são diretamente responsáveis pelos acionistas. Essas empresas sem fins lucrativos foram formadas na base do capitalismo de mercado livre e não em um modelo sem fim lucrativo feito para o benefício da sociedade.

Ética e negócios

Ética é a responsabilidade da gerência. Por isso, a cultura dentro da empresa é onde a ética é desenvolvida e promovida. Porém, o comportamento ético é aprendido pelas pessoas durante sua infância e não em salas de reuniões. De uma análise custo-benefício, promover benefícios sociais e carácter da empresa aumentam as receitas, aumentam lealdade à marca, e aumentam a fatia do mercado. Todos esses fatores aumentam o lucro, o que é um fator essencial na determinação a utilidade uma campanha de relações públicas éticas.

O resultado da falta de ética corporativa

Uma das consequências de um comportamento ético para a empresa é que isso melhora a imagem da corporação, o que ajuda no aumento do lucro. Empresas buscando maximizar lucro através de práticas de negócios éticos podem afetar a sociedade positivamente através da criação de trabalhos. Por outro lado, a falta de ética corporativa pode levar empresas, como a Enron, a serem processadas por acionistas e acusados criminalmente por crimes pelo governo. Isso resulta em uma empresa saindo dos negócios, o que fere a sociedade devido à perda de trabalho, resultando na perda da receitas de impostos e benefícios.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível