A importância do hidrogênio

Escrito por mikhail polenin Google | Traduzido por kelly isayama
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A importância do hidrogênio
O hidrogênio é um composto muito importante para o nosso universo (Pumbaa: Wikimedia Commons)

É de conhecimento amplamente comum que o universo, em sua criação e até mesmo agora, é principalmente composto de hidrogênio. Esse gás leve é muito comum, mesmo com poucas pessoas sabendo o quão importante ele é para o nosso universo e quantas ótimas utilidades ele pode ter em aplicações tecnológicas. Aprenda sobre o efeito que o hidrogênio possui na vida cotidiana.

Outras pessoas estão lendo

O hidrogênio nas estrelas

O próprio sol, bem como as trilhões de outras estrelas no universo, fundem hidrogênio em hélio para produzir energia, que é conhecida na Terra como luz e calor. Contudo, quando o sol fica sem hidrogênio, ele passa a usar elementos mais pesados, com cada fusão que ocorre resultando em um novo elemento. Acredita-se fortemente que materiais orgânicos poderiam ter sido originados de matéria oriunda de estrelas mortas, quando elas foram dispersas no espaço. Se isso for verdade, os seres humanos vieram da poeira interestelar.

Nascimento estrelar

O hidrogênio possui um papel muito importante no nascimento de estrelas em torno de nebulosas. Vastas nuvens de hidrogênio são necessárias para que ocorra o nascimento de novas estrelas, já que, eventualmente, o hidrogênio começa a aquecer e entrar em ignição devido a uma reação em cadeia da colisão de átomos. Já que não há força gravitacional agindo sobre as nebulosas, é muito provável que se levem milhões de anos para que as estrelas sejam completamente formadas no vácuo do espaço. Por isso, é incrível pensar que o sol nasceu dessa mesma maneira.

O hidrogênio como combustível

A invenção de veículos que utilizam o hidrogênio como combustível tem sido fenomenal no desenvolvimento de fontes limpas de energia. O hidrogênio pode ser usado para mover veículos sem deixar nenhum vestígio de poluição. Na verdade, se algum dia um carro movido a hidrogênio for dirigido, o único produto resultante da queima do combustível será água. Apesar das vantagens, a maioria dos automóveis abastecidos com hidrogênio não acelera rápido o suficiente e nem atinge altas velocidades.

Água

É provável que muitos já saibam que a água é composta de dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio, mas o que muita gente não sabe é o quão violenta a sua formação é. O hidrogênio e o oxigênio no mesmo ambiente criam água em uma reação explosiva, já que os átomos liberam grandes quantidades de energia para ligar uma molécula completa de H2O. O mesmo tipo de reação é usado para propelir o foguete Atlas.

Hidrogênio em dirigíveis

Embora o hidrogênio em dirigíveis não seja mais utilizado, é de conhecimento geral que o gás hidrogênio é o mais leve que existe para voos. O incidente de Hindenburg levou as pessoas a acreditarem que o hidrogênio não é ideal para dirigíveis por causa de sua inflamabilidade. Contudo, foi a membrana de acetato-alumínio que causou o incêndio de Hindenburg, já que uma corrente elétrica percorreu a aeronave. Os dirigíveis hoje utilizam hélio em vez de hidrogênio, que é apenas o segundo gás mais leve. Ainda assim, sabe-se que as aeronaves que utilizam hélio e que possuem a membrana de acetato-alumínio também explodem com igual intensidade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível