Como importar vinho da Itália

Escrito por ehow contributor | Traduzido por valéria magalhães
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como importar vinho da Itália
Importe vinho da itália

A importação de vinho da Itália é uma perspectiva animadora para os apreciadores desta bebida tão amada. Antes que você possa importar uma única garrafa (ou barril, se você é realmente um aventureiro), é preciso aprender e respeitar as regras e os regulamentos locais e federais.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Vá para o site da Comissão de Comércio do seu estado para encontrar os formulários que devem ser preenchidos antes que você possa começar. Esteja preparado para mexer com muitos documentos.

  2. 2

    Entre em contato com um corretor da alfândega. Apesar de cobrar uma taxa, ele pode te ajudar com toda a burocracia e obter o seu vinho importado de forma segura e com menos complicações.

  3. 3

    Envie o vinho como um presente via FedEx ou Sedex. Se você estiver enviando vinho para o Brasil e quer evitar a burocracia de impostos internacionais, enviá-lo como um presente pode evitar o pagamento de taxas de serviço. Isso só seria útil para pequenas remessas.

  4. 4

    Certifique-se de que os rótulos adequados estão nas garrafas, pois alguns países exigem que as garrafas tenha os nomes em etiquetas claras sobre elas. Confira as informações federais sobre envio de álcool, tabaco e armas de fogo, e siga todas as regras.

  5. 5

    Aproveite o seu vinho italiano. Depois de obtê-lo através do processo de envio rigoroso e muita burocracia envolvida, você poderá degustá-los. Informações mais específicas sobre o envio pode ser obtida a partir do negociante de vinhos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível