on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Infecção ou ferida na pele de um Labrador Retriever

Atualizado em 17 abril, 2017

As feridas na pele tendem a ser associadas a uma coceira e aumento do ato de coçar ou lamber a área afetada. Todos os cachorros passam por fases de coçar, principalmente se eles estiverem trocando de pelo. Coçar ou lamber em excesso pontos sem pelo e feridas são sinais de algum problema que você deve se preocupar.

Os labradores ocasionalmente sofrem de problemas de pele (labrador image by JEAN-MARC MEDINA from Fotolia.com)

Dermatite atópica

A dermatite atópica é um termo para a inflamação da pele causada quando o sistema imunológico fica hipersensível a algo, chamado um alérgeno, no ambiente. Uma resposta alérgica pelo sistema imunológico provoca uma ferida ou inflamação localizada. Esse pode ser o começo do que é um ciclo vicioso, onde o cão lambe ou coça a área afetada, ferindo a pele e permitindo que uma infecção secundária comece.

Loading...

Alergias de contato

Um cachorro pode ser alérgico a uma substância (alérgeno) no ambiente, como um tipo específico de pólen de grama, mofo e ácaros de poeira da casa. Isso pode aparecer nos meses de verão, quando as gramas estão florescendo, principalmente se você costumar caminhar com ele em uma zona rural. Muitos cães são alérgicos à espécie comum de grama usadas em jardins. As alergias de contato tendem a ser localizadas na parte do corpo que entra em contato com o alérgeno.

As alergias de pele fazem um cachorro ficar se coçando (Ronja 5 image by Nadine Wendt from Fotolia.com)

Pulgas

As pulgas são uma constante fonte de irritação da pele de cachorros, principalmente em torno da cauda e anca. O problema não é a pulga em si, mas sim sua saliva, que é deixada na pele. Uma única mordida pode causar coceira intensa, deixando feridas e cicatrizes na pele. A tendência do cachorro roer e coçar a área afetada leva à perda de pelo e o risco de uma infecção secundária.

Sensibilidade à comida

Apesar de a alergia à comida ser rara, ela forma uma pequena porcentagem dos casos atendidos pelos veterinários. Todos os ingredientes dentro de uma ração são alérgenos potenciais, e a única maneira de determinar a causa é através de um julgamento prolongado da alimentação ou uma dieta de exclusão. No final desse julgamento, um veterinário nutricionista poderá recomendar um determinado alimento que um cão afetado possa tolerar.

Tratamento e prevenção

Sempre que houver uma ferida ou irritação causando desconforto ao cão, o conselho de um veterinário deverá ser procurado antes de problemas secundários surgirem. Os testes de pele e sangue podem ajudar a diminuir a causa dos sintomas, e um plano de tratamento poderá ser preciso. Ele pode envolver terapia de medicamentos com antibióticos ou esteroides para aliviar a irritação, ou uma mudança de dieta para uma ração mais natural. Manter seu animal de estimação livre de pulgas e vermes, e cuidados regulares com a pelagem dele podem ajudar. Também evite alérgenos do ambiente que sejam um problema.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...