Infecção urinária causada por Klebsiella

Escrito por michaele curtis | Traduzido por tiago tostes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Infecção urinária causada por Klebsiella
As infecções do trato urinário são comuns, especialmente em mulheres grávidas, idosos e bebês (bacteria image by chrisharvey from Fotolia.com)

As infecções do trato urinário são comuns, especialmente em mulheres grávidas, idosos e bebês. Os sintomas são relativamente leves e muitas vezes podem ser confundidos com outras condições. No entanto, se não tratada, a infecções do trato urinário podem levar a condições graves, incluindo danos irreparáveis ​​para os rins. A Klebsiella, uma cepa de bactérias que é particularmente resistente a vários tipos de antibióticos, é muitas vezes a causa da infecção urinária mais complicada.

Outras pessoas estão lendo

Infecção do trato urinário

A infecção do trato urinário (ITU) normalmente afeta a bexiga ou a uretra, mas pode se espalhar para os rins se não tratada. Como regra geral, quanto mais a infecção avança pelo trato urinário, mais grave ela se torna. O médico normalmente irá tratar a ITU com antibióticos e orientará beber muita água para limpar o seu sistema urinário. A Klebsiella é resistente a vários antibióticos e, algumas vezes precisa de ser tratada com uma combinação deles.

Klebsiella

Embora existam vários tipos de bactérias que causam infecções do trato urinário, a klebsiella está entre os mais comuns. Ela pode ser encontrada no solo, na água e também no trato intestinal. Ela pode ainda causar bacteremia e pneumonia, especialmente em pacientes que já têm problemas de saúde. Apesar de a E. coli ser a causadora mais comum, a klebsiella geralmente é a culpada pelas ITU mais complicadas.

Causas

Esses tipos de infecções do trato urinário ocorrem quando a klebsiella passa do trato intestinal para o sistema urinário. Uma vez lá dentro, as bactérias começam a multiplicar-se, causando dor e irritação. Existem várias formas para as bactérias entrarem no trato urinário, como relações sexuais, pois a uretra está perto da região anal. As mulheres grávidas são particularmente propensas a ITU porque o útero aumentado pode bloquear a passagem urinária. A urina fica na bexiga, fornecendo um terreno fértil para klebsiella e infecção.

Sintomas

A dificuldade súbita de urinar, aumento da necessidade de urinar, sensação de queimação ao urinar, cólicas intensas na parte inferior das costas são sinais de uma ITU. A urina escurecida, com mau cheiro e com sangue também indicam que algo pode estar errado. Se sentir algum destes sintomas, consulte o seu médico imediatamente.

Prevenção

A ITU pode ser evitada ou tratada ao beber muita água para limpar o trato urinário. Fortaleça o sistema imunológico tomando um multivitamínico diariamente. Sempre limpe de frente para trás após as evacuações evitando assim que as bactérias do intestino cheguem ao trato urinário. Lave os órgãos genitais com água morna e sabão neutro, pelo menos uma vez por dia e após as relações sexuais. Além disso, urinar logo que sentir a necessidade evita o acúmulo de urina na bexiga.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível