Mais
×

Infecções do trato respiratório superior em gatos e tratamento com L-lisina

Atualizado em 21 novembro, 2016

A maioria das infecções do trato respiratório superior nos felinos são na verdade infecções secundárias seguindo um vírus ou a "gripe do gato", segundo o Holisticat, um site sobre saúde felina. Se o seu gato tem um vírus, como herpes ou calicivírus, um tratamento holístico para essas infecções é o aminoácido L-lisina, em uma dosagem de 500 mg por dia, durante até uma semana, e depois uma dosagem de manutenção de 250 mg.

A L-lisina é um tratamento holístico para gatos com infecções do trato respiratório superior (cat image by Lori Boggetti from Fotolia.com)

Sintomas

Espirros, corrimento nasal, olhos lacrimejantes ou avermelhados e tosse são sintomas de infecções do trato respiratório superior em felinos, de acordo com uma ficha técnica do "UC Davis Koret Shelter Medicine Program". Gatos com estes sintomas podem ter o olfato reduzido e, portanto, menos apetite. Alguns também desenvolvem úlceras na boca ou nos olhos, febre ou uma sensação geral de letargia. Alguns gatos salivam excessivamente.

L-lisina

Os gatos com sintomas semelhantes aos da gripe devem ser tratados imediatamente com 250 mg de L-lisina, de acordo com o Holisticat. Se o animal piorar, a dose pode ser aumentada até 500 mg, mas apenas por um curto período de tempo.

Cuidado em casa

Os donos podem tratar essas infecções em casa, lavando as narinas do gato com uma solução salina tamponada quente, uma mistura de água morna, uma pitada de sal e uma pitada de bicarbonato de sódio. O líquido pode ser aplicado com uma bola de algodão ou um conta-gotas. Os olhos do gato podem ser limpos com uma compressa quente se houver uma descarga. Colocar um umidificador no cômodo onde o animal fica pode ajudar a parar o congestionamento.

Precauções

Como a L-lisina compete com o aminoácido arginina, que os gatos também precisam, a dose de manutenção de 250 mg não deverá ser excedida durante o uso a longo prazo. Tome precauções gerais ao tratar um gato doente, como lavar as mãos frequentemente após o contato e lavar a roupa de cama do animal em água quente. Desinfectar a casa ajudará a reduzir o impacto de gotículas no ar que carregam a infecção.

Aviso

Os gatos que se recuperam de herpes e calicivírus podem tornar-se portadores do vírus e "largá-lo", especialmente durante períodos de doença ou estresse, de acordo com o Holisticat. Monitore os níveis de hidratação e apetite do seu animal enquanto ele estiver doente.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article