Mais
×

Informações sobre o bambu d'água

Atualizado em 23 março, 2017

A planta mais comumente chamada de "bambu d'água" é o bambu da sorte, cujo nome científico é Dracaena sanderiana. O bambu da sorte é uma ótima adição à mesa de trabalho e não requer muitos cuidados, uma boa razão para várias pessoas gostarem da planta.

Bambu da sorte (lucky bamboo close up image by Trevor Goodwin from Fotolia.com)

História/origem

O bambu da sorte tem origem, e pode ser encontrado, nos continentes da Ásia e África. A crença de que ele traz sorte tem mais de 4000 anos. Na cultura chinesa, esse bambu é dado como presente, representando boa sorte, de acordo com as crenças do feng shui. Dependendo do número de caules, pode ser usado para representar prosperidade em diferentes áreas da vida, como relações e finanças.

Erros comuns

O bambu da sorte, muitas vezes confundindo como parte da família do bambu, na verdade é membro da família do lírio. Ele se parece um pouco com o bambu, daí seu nome. Geralmente, ela é classificada como uma planta aquática que pode viver apenas na água, sem solo. Na verdade, depois do desenvolvimento das raízes, ela se dá melhor no solo. Outro erro comum é que o bambu da sorte cresce em padrões belos, como espirais ou roscas. A planta precisa ser condicionada com posicionamento e variações da quantidade de luz para permitir esses desenhos, e conseguir a cooperação da planta pode ser um desafio para iniciantes.

Dicas e cuidados adicionais

Mantenha o bambu da sorte longe da luz direta do sol, já que isso pode causar a morte das folhas. Quando sua planta começar a crescer, o caule principal continuará no mesmo comprimento, mas os pequenos galhos e folhas vão aumentar. Você precisa cortar esses galhos e folhas para evitar que ele fique muito pesado. Faça os cortes com tesouras limpas e afiadas, acima dos anéis. Molhe o caule principal da planta com água e detergente de louça, e depois enxágue, se você notar uma camada na base dos caules ao mudar a água, ou observar insetos e larvas.

Manutenção geral

A manutenção do bambu da sorte é bem fácil, basta seguir algumas diretrizes básicas. Fornecer à planta água filtrada ao invés de água de torneira é essencial, já que alguns químicos da água de torneira podem afetar a capacidade da planta de crescer. A mudança de água deve ser feita semanalmente ou a cada duas semanas, dependendo de quantos caules existem no vaso. Acrescentar mais água quando o nível ficar menor que a metade é uma boa rotina para a planta. Apesar de precisar de um pouco de fertilizante, ela também pode precisar de aditivos para vegetais, assim como as plantas de aquário, no intervalo de alguns meses.

Soluções e avisos

As folhas do bambu da sorte podem ficar descoloridas. Se elas parecerem marrons, umedeça-as levemente com um pouco de água de garrafa e retire-a da luz solar em excesso. Se as folhas parecerem amareladas, pare com a aplicação de fertilizante ou aditivo por alguns meses. Se o caule começar a ficar descolorido, a planta provavelmente está morrendo e deve ser substituída. O bambu da sorte pode ser tóxico para alguns animais caso seja ingerido, então tenha cuidado quanto ao local onde colocará a planta.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article