Informações sobre a moda na Era Elisabetana

Escrito por theresa pickett Google | Traduzido por pedro santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Informações sobre a moda na Era Elisabetana
As mulheres Elizabetanas tinham que seguir regras quanto a vestir roupas douradas. (silk and gold image by Dumitrescu Ciprian from Fotolia.com)

A Era Elisabetana foi um período importante conhecido como “Era de Ouro” durante o reinado da Rainha Elizabeth I na Inglaterra. Também é em parte conhecida pelos estilos de roupas e leis sobre moda. As pessoas tinham de se vestir de acordo com sua posição na sociedade e não podiam usar trajes de outra classe social.

Outras pessoas estão lendo

Moda da alta classe

A classe alta tinha um senso de moda que era influenciado pela Renascença. De acordo com o artigo “Moda de Classe Alta Elisabetana”, os alfaiates utilizavam barbatanas ou forro de entretela e colchas para criar formas geométricas que enfatizavam os ombros e quadris. As pessoas usavam roupas que eram influenciadas por formas geométricas por causa das invenções da Renascença e do fascínio por ciência e matemática. Homens e mulheres usavam trajes que acentuavam a magreza de suas cinturas.

Restrições quanto aos trajes

A classe alta tinha que aderir a certas restrições sobre os tipos de roupas que usavam. Por exemplo, de acordo com o artigo da Era Elisabetana “Moda da Alta Classe Elisabetana”, as mulheres da família real, as Duquesas, Condessas e Marquesas podiam usar roupas feitas de tecido dourado ou ouro. Mulheres de classes mais baixas eram proibidas de vestir roupas fabricadas em tecido dourado ou ouro.

Roupas para mulheres

A moda da Era Elisabetana tinha roupas específicas para mulheres. De acordo com o artigo da Era Elisabetana, “Roupas Elisabetanas para Mulheres”, havia dez tipos de roupas de baixo e seis tipos de roupas de cima. Uma roupa de baixo importante era o espartilho ou corpete, que apertava a cintura das mulheres para que elas parecessem mais magras. Outras roupas de baixo incluíam a bata, meias, anágua e peitilho. As roupas de cima eram relativas similares ao que as mulheres vestem hoje, incluindo vestido, manto, sapatos e chapéu. Elas também usavam mangas separadas e gola franzida.

Roupas masculinas

Os homens tinham um código de vestimenta específico também. Sua moda era semelhante à das mulheres porque eles tinham roupas de cima e roupas de baixo. Diferentemente das mulheres, os homens tinham muito menos opções de roupas para escolher em seu guarda-roupa. O artigo da Era Elisabetana, “Trajes Elisabetanos para homens” mostra que os homens tinham quatro tipos de roupas de baixo e oito tipos de roupas de cima. As roupas de baixo incluíam camiseta, corpete, meia ou meia calça e um “codpiece”, peça usada sobre a região genital por sobre a calça. As roupas de cima eram chapéu, sapatos, manto, gola franzida, cinto, gibão, mangas separadas e culotes.

Leis sumptuárias

As Leis Sumptuárias ditavam que tipo de moda uma pessoa podia vestir dependendo de sua classe social. De acordo com um artigo Elisabetano, “Estatutos Sumptuários Elisabetanos”, as leis eram feitas para restringir estilos de vida extravagantes e para manter as fortunas seguras. A sociedade achava que os pobres deviam gastar seu dinheiro em coisas que aprimorassem a sociedade, incluindo cavalos. Eles também acreditavam que havia a necessidade de se saber a diferença entre as classes para que se mantivesse forte a fibra moral da sociedade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível