Informações sobre piso de compensados de madeira macho e fêmea

Escrito por shelly mcrae | Traduzido por antônio melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Informações sobre piso de compensados de madeira macho e fêmea
Os compensados macho e fêmea são tipos de piso predominantes na construção de casas (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)

O piso de compensado macho e fêmea foi uma inovação do século 17. Bem como as juntas de encaixe, os compensados macho e fêmea permitiram que os artesãos prendessem partes de um todo em um conjunto sem a utilização de pregos. O processo é usado ainda hoje. As pranchas de madeira dura são fixadas juntas para criar belos pisos, de costura quase imperceptível. Embora nem todos os pisos de madeira sejam feitos de tábuas fabricadas com compensado macho e fêmea, eles são, e provavelmente continuarão a ser, a forma predominante de piso encontrado nas casas ao redor do mundo.

Outras pessoas estão lendo

História

Até o século 17, os pisos eram socados rusticamente, comprimidos para um acabamento duro. Qualquer madeira utilizada era confinada à prática; os quadrados ásperos eram usados sob camas, cadeiras e mesas para estabilidade. Mesmo estes eram geralmente cobertos com um tapete grosso. Os únicos lugares com pranchas de madeira foram utilizados para criar um piso cheio de palheiros, convertidos em dormitórios.

Período

No final do século 17, porém, os pisos de madeira dura passaram a ser moda por toda a aristocracia europeia. As tábuas foram alargadas em até 17 cm e muitas vezes planejada para criar padrões ou parquetes. Estes pisos foram os primeiros a empregar a configuração de compensado macho e fêmea. Nos Estados Unidos, onde a madeira era prontamente disponível e os custos eram consideravelmente mais baixos do que os da Europa, os pisos de madeira dura foram se tornando comuns. Por volta do século 19, os pisos de compensado macho e fêmea eram encontrados na maioria das casas de classe média e alta.

Identificação

Os piso compensado macho e fêmea podem ser construído a partir de vários tipos de madeiras. As madeiras mais populares usadas ​​são o carvalho, o bordo, a cerejeira brasileira e o bambu. A madeira é planada em pranchas de medição de 8 cm até 13 cm de largura. Com os compensados macho e fêmea, cada prancha se encaixa na seguinte. Em um lado está o macho, uma saliência arredondada a todo o comprimento da prancha. Ao longo do outro lado está a fêmea, na qual o macho está montado.

Informações sobre piso de compensados de madeira macho e fêmea
O lado macho apresenta uma saliência arredondada ao longo da prancha, que monta-se na fêmea

Tipos

O piso compensado macho e fêmea pode ser de madeira sólida ou planejada. O piso de madeira sólida é construído como uma peça de madeira maciça. A madeira projetada é laminada em camadas. A madeira macia é ligada a uma madeira dura e, em seguida, é sobreposta entre a madeira dura e uma base de madeira compensada. Ela é resistente à umidade e proporciona estabilidade. As resinosas (madeiras macias) criam uma zona de proteção.

Considerações

Ambas as madeiras sólidas e planejadas são instaladas usando o método de compensado macho e fêmea. A madeira sólida, no entanto, ainda é frequentemente colada ou pregada para baixo também. O piso de madeira planejada pode ser planado. Isto significa que o compensado macho e fêmea é usado para bater as pranchas no lugar e que o piso não é nem pregado e nem colado ao contrapiso. Nos últimos anos, no entanto, os fabricantes estão a produzir pisos de madeira sólida que não precisam ser ancorada ao subpiso.

Benefícios

O piso de compensado macho e fêmea permite que as pranchas caibam em conjunto, criando um acabamento suave e costuras mais seguras. Ele pode ter uma vida útil muito longa; pode ser lixado e finalizado. Isso não é valido para a madeira planejada, pois o laminado de madeira é muito fina para permitir lixamentos subsequentes. Apesar de não ter muito tempo de vida como a madeira maciça, a planejada é mais fácil de instalar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível