Informações sobre a prata coloidal

Escrito por chris orr | Traduzido por samantha g. silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Informações sobre a prata coloidal
Em adição ao uso como metal precioso, a prata também possui propriedades medicinais (Comstock/Comstock/Getty Images)

A prata possui um longo histórico de usos medicinais, particularmente como agente antibacteriano externo. Os médicos tratam a conjuntivite em recém-nascidos com gotas de nitrato de prata. Outros utilizam a sulfadiazina de prata contra queimaduras. A prata coloidal é um medicamento alternativo administrado via oral. Ela consiste em minúsculas partículas do metal suspensas em líquido. Alguns especialistas defendem que este tratamento pode ser utilizado para curar ou prevenir uma grande variedade de doenças, desde de uma gripe comum à AIDS/HIV.

Outras pessoas estão lendo

Como a prata coloidal supostamente funciona

Os fabricantes da prata coloidal discutem os benefícios antibacterianos do metal em geral. Na página RealColloidalSilver.com, por exemplo, se afirma que algumas pessoas colocam moedas de prata no leite para mantê-lo fresco por mais tempo ou como "nascer com uma colher de prata na boca" manteria os bebês saudáveis. A empresa sustenta que o processo de fabricação da prata coloidal é seguro e científico.

Problemas com a prata coloidal

Um dos maiores efeitos colaterais em potencial da prata coloidal é uma condição conhecida como argiria. Ela resulta do uso em excesso do produto e deixa a pele permanentemente cinza ou azul, além de interferir na eficiência de alguns antibióticos. A RealColloidalSilver.com afirma que o problema é principalmente causado pela prata coloidal caseira, feita com água comum, e que os métodos industriais de processamento previnem esta condição.

A ciência e a prata coloidal

De acordo com a Mayo Clinic, não há evidências científicas comprobatórias de que a prata coloidal previna ou cure quaisquer doenças. As pesquisas indicam que o uso contínuo desta terapia alternativa causa convulsões ou outros problemas neurológicos, danos aos rins e irritação na pele. Dores de estômago, fadiga e dores de cabeça são outros sintomas associados ao uso da prata coloidal.

FDA e a prata coloidal

Desde 1999, a FDA (Food and Drug Administration), agência americana reguladora de alimentos e drogas, decidiu contra as empresas que alegam que a prata coloidal possa curar ou prevenir problemas de saúde. Eles divulgaram muitas declarações e alertas contra o uso desta terapia alternativa. Desde de outubro de 2009, informativos alertam os consumidores sobre o risco em potencial do desenvolvimento da argiria. A agência continua a pesquisar as alegações dos fabricantes da prata coloidal.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível