Injeção de água caseira para automóveis

Escrito por joshua bailey | Traduzido por andré schwarz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Injeção de água caseira para automóveis
Motores geram grande excesso de calor

Motores de carro produzem quantidades excessivas de calor. Uma maneira prática, apesar de mecanicamente invasiva, de diminuir a temperatura deles é com uma injeção de água ou metanol. Juntamente com uma revisão mecânica, ela pode melhorar a eficiência, a potência e a durabilidade dos motores a gasolina.

Outras pessoas estão lendo

Noções iniciais de injeção de água ou metanol

Também conhecida por IAD, ou injeção antidetonante, é o sistema de resfriamento mais utilizado em motores de indução forçada, ou que empregam compressores de ar, como os supercarregadores movidos a correias ou os turbocarregadores movidos a escape. Tais motores usam com frequência sistemas de resfriamento ar a ar, conhecidos como refrigeradores internos, para resfriar a carga de ar superaquecida. No entanto, as temperaturas de admissão ainda são altas, persistindo o risco de combustão antes da compressão total do cilindro.

Sistemas IAD injetam uma fumaça atomizada na carga de admissão antes da cilindrada. Conforme a mistura de água, metanol, ar e gasolina entra na câmara, o calor gerado pela compressão vaporiza a água, em vez de aquecer suas paredes. O metanol queima como gasolina, mas a pressões mais altas, o que efetiva aumenta a octanagem.

O que esperar

Quando utilizados sozinhos, os sistemas IAD têm efeitos negligíveis, além do esfriamento do motor. Na verdade, o verdadeiro benefício de um sistema IAD é na potência, principalmente em motores de indução forçada. Com uma octanagem efetiva maior e carga de ar menos quente, o sistema IAD permite à injeção eletrônica aumentar a compressão dentro do motor e usar um tempo de ignição mais agressivo. Desse modo, a potência aumenta dramaticamente. As temperaturas de operação mais favoráveis permitem ao motor um tempo de serviço mais prolongado, contribuindo à durabilidade.

É improvável que os veículos com sistemas IAD economizem combustível. A explosão ocorrerá a uma temperatura menor, o que não queimará todo o combustível, o que pode resultar em uma fumaça escura saindo do escapamento, a depender de como se aplicou o sistema.

Como comprar e operar

Sistemas IAD são amplamente disponíveis para venda e são relativamente baratos em comparação com melhoramentos mais agressivos no motor e transmissão. Depois da compra, você deverá escolher qual razão de água para metanol será mais desejável, a depender do modo como o veículo é utilizado e o quanto será realmente injetado durante a admissão. Razões maiores são mais conservativas e menores permitem gerenciar o motor mais agressivamente. Recomenda-se que um profissional ajuste o veículo para que o motor se adapte à nova mistura, principalmente as de cargas maiores. Injeção de água em condições de direção conservadoras irão mais provavelmente afogar o motor do que melhorar o desempenho.

É claro que água e metanol não surgem espontaneamente, tendo de ser armazenados em tanques. Esses são mais comumente instalados em carros com motor frontal, no porta-malas ou na carroceria.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível