Insetos que atacam cães

Escrito por china zmuida | Traduzido por bruna biagioli
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Insetos que atacam cães
Os cães podem ser atacados por vários insetos (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

Os cães podem ser atacados por insetos que os usam como fonte de comida. Algumas espécies de insetos, como a pulga, podem transmitir sérias infecções, o que inclui a tênia. Cães infetados com parasitas precisam de tratamentos para prevenir a transmissão para os outros animais da casa.

Outras pessoas estão lendo

Piolhos

Os piolhos, que não possuem asas, vão passar a vida inteira se alimentando do seu cão. Eles se enquadram na categoria de sugadores de sangue (Anoplura) ou mascadores (Mallophaga), de acordo com a organização norte-americana Pet Education. Os piolhos fêmeas depositam ovos no couro cabeludo do seu cão, e em menos de um mês, as larvas eclodem em adultos. Sinais visíveis de infestações por piolhos incluem perda de cabelo e coceira. Os piolhos de cães se movem lentamente sobre seu hospedeiro, e quando você penteia seu cão, pode perceber pequenas manchas marrons. Cães são infectados por piolhos através do contato direto com outros cães infectados.

Pulgas

Embora as pulgas não tenham asas, elas podem saltar distâncias extremas para um pequeno inseto. Isso permite que uma pulga salte para um hospedeiro desavisado que passe por perto. As pulgas dependem da vibração, emissão de dióxido de carbono e calor do animal para alertar quando uma refeição em potencial está por perto, de acordo com a Pet Education. As pulgas podem causar desconforto para seu cão, devido à saliva do inseto. Uma reação alérgica a partir da saliva pode causar coceira, queda de pelos, lesões e anemia nos cães.

Moscas que mordem

As moscas que mordem, que incluem moscas de estábulo e moscas de cervos, comumente afetam os cães ao ar livre. Elas costumam atacar áreas mais sensíveis de um cão, como as orelhas e o nariz. As feridas resultantes das mordidas podem atrair as moscas do sexo feminino, que põem ovos nas feridas. Eventualmente, os ovos se tornam larvas, indica a Pet Education. Uma vez que a infestação de larva se desenvolve, atenção imediata é necessária para removê-las, e, possivelmente remover o tecido afetado.

Espécies confundidas com insetos

Outros organismos que atacam cães incluem espécies comumente confundidas com insetos, incluindo carrapatos e ácaros, que são na verdade aracnídeos e vermes parasitas que causam doenças intestinais. Um carrapato usa sua boca para se encaixar na pele do cão, para sugar o sangue e se alimentar. Os carrapatos podem transmitir doenças, tais como a doença de Lyme. Embora existam muitas espécies de ácaros, os ácaros de orelha causam mais desconforto em cães. Ácaros podem facilmente se transferir de um animal infectado para outros não infectados. Se não houver tratamento, os ácaros da orelha podem causar danos no ouvido e perda auditiva. Infecções por lombriga resultam em diarreia e vômitos. Você pode diagnosticar essas infecções através da identificação de ovos e partes segmentadas do verme nas fezes do seu cão. Seu cão pode também vomitar partes segmentadas do verme. Infecções causadas pela tênia podem causar intenso prurido anal. Elas são identificadas quando seu cão se esfrega muito no chão e lambe a área afetada.

Insetos que atacam cães
Vermes podem causar doenças intestinais (Duncan Smith/Stockbyte/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível