Instruções para fazer um forno de pizza caseiro em áreas externas

Escrito por chris garrick | Traduzido por bruno belli sinder
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Instruções para fazer um forno de pizza caseiro em áreas externas
Forno de pizza (Jupiterimages/Stockbyte/Getty Images)

O forno à lenha de tijolo é provavelmente tão antigo quanto a descoberta do cozimento de tijolos. Um forno de pizza de tijolo é uma versão menor, destinada ao cozimento de pizzas e outros pães. Para alcançar aquele gosto esfumaçado de uma pizza à lenha, use seu próprio forno de tijolos.

Outras pessoas estão lendo

O forno de pizza

Para quem gosta de projetos do tipo faça você mesmo, kits de forno de tijolos podem ser comprados em lojas ou páginas especializadas na internet. Para quem quer um desafio, plantas podem ser encontradas na internet ou em lojas especializadas. De qualquer maneira, algumas coisas devem ser levadas em consideração.

Antes de começar, verifique com a autoridade local para obter qualquer permissão necessária. Assim que resolver toda a burocracia, escolha um local para seu forno. Considere fatores como distância para outras estruturas e vegetação, direção do vento e da futura fumaça, formato do forno e facilidade de acesso.

Ao escolher os materiais, certifique-se de que o tijolo, a argamassa, o isolamento e o revestimento de cimento são refratários, próprios para aguentar temperaturas acima de 980 graus Celsius. Esses materiais costumam conter uma alta concentração de aluminato de cálcio. Escolha o melhor produto possível. Use tijolos de fogo e não tijolos comuns. Esses materiais podem não estar disponíveis tão facilmente, podendo ser necessário recorrer a um fornecedor especializado ou à internet.

Construindo o forno

A Ozark Dreams, fabricante norte-americana de fornos, recomenda que você tenha um misturador de cimento no local até que o projeto termine. Você precisará de madeira e pregos de diversos formatos para o trabalho com o cimento. Comece com a fundação.

O tamanho da fundação de cimento estará na sua planta. Siga as instruções da planta para misturá-lo, deixando secar o suficiente. Seja metódico para não perder nenhum passo. Será bem difícil ter que inserir mais ferro depois que já tiver com o cimento no lugar.

Assim que secar o suficiente, comece levantando as paredes da base. Caso não tenha experiencia no processo, coloque os tijolos no local programado. Use giz para desenhar o formato no cimento. Certifique-se que as paredes fiquem retas e niveladas.

Use placa de concreto para finalizar o topo das paredes e criar uma base para o forno. Coloque um isolamento usando vermiculita ou perlita. A página na internet: "traditionaloven.com" dispõe de uma receita para a mistura do isolamento. Se você terminar as paredes com a mesma altura e garantir que o concreto esteja nivelado, será mais fácil construir o forno por cima.

Assim que a base do forno estiver pronta e seca, está na hora de fazer o chão do forno. Coloque os tijolos no padrão da planta. Faça o desenho da chaminé para ter certeza de como os tijolos devem ser colocados. Para o chão, você não usará argamassa. Encaixe os tijolos dentro da área destinada. Com um giz, desenhe o contorno dos tijolos na base do forno. Use uma fina camada de argila ou areia para alisar a superfície e manter os tijolos em suas posições finais. Quando estiver colocando os tijolos das paredes, o uso de um guia interno ajudará a mantê-los alinhados enquanto você estiver colocando o revestimento. Use o mínimo de argamassa possível, 60 mm ou menos, de qualidade refratária.

Revestimento reforçado com arames é um tipo de revestimento de cimento que isole o forno e ajude a estruturar também. Um revestimento bem feito ajuda o forno a reter calor e cozinhar melhor. Certifique-se que tudo esteja bem seguro. Assim que cobrir com revestimento, coloque um plástico para prevenir que seque muito rápido.

Construir a cúpula é a parte mais difícil desse projeto. Um item crítico no projeto é a proporção da abertura da porta para a altura da cúpula. Deve ser, idealmente, entre 62 e 64 % (por exemplo, uma porta com 25 cm de altura e uma cúpula com 40 cm de altura). A altura da cúpula é a distância do centro do chão do forno até o topo da cúpula.

Como em todas as outras etapas desse projeto, coloque os tijolos de acordo com a planta. Se for fazer uma cúpula no estilo barril, coloque os tijolos do arco em uma placa de madeira. Certifique-se que a largura interna da base da cúpula seja exatamente igual à largura interna do forno na altura do topo das paredes. O ideal é usar o mínimo de argamassa possível. Corte a madeira de acordo e use-a para suportar os arcos enquanto os constrói. O arco precisa secar por volta de uma hora antes de seguir para o próximo passo. Repita o processo para o arco da porta do forno. Você pode precisar de uma serra para tijolo para fazer os ângulos necessários na transição da cúpula para o arco da porta.

Coloque um suporte nas laterais para segurar a estrutura enquanto despeja o revestimento da cúpula. Cubra com papel alumínio para prevenir que a umidade do cimento seja absorvida pelos tijolos. Reforce com arame. Coloque um mínimo de 5 cm de revestimento na cúpula. Deixe que seque bem.

O forno está pronto. Comece a finalizar o processo de isolamento. Se desejar, construa uma chaminé com uma camada de isolamento feita de cimento e vermiculita. Finalize com uma camada de estuque. A empresa Ozark Dreams mostra esse e outros procedimentos na sua página na internet.

Usando o forno

Deixe o forno secar por duas semanas antes de acender um fogo. Os primeiro fogos devem ser pequenos para ajudar a completar o processo de secagem. Quase todos os tipos de madeira funcionam, secas e de preferência da estação. Para cozinhar, demorará de uma a três horas para aquecer o forno, dependendo do tamanho.

Faça um pequeno fogo no fundo do forno, colado à lateral e não na frente da porta. Comece usando pequenos pedaços de madeira e vá aumentando conforme necessário. Deixe que o forno aqueça gradualmente. O calor é absorvido pelo tijolo e irradiado de volta para o forno, é isso que cozinha o alimento. Verifique o forno e adicione mais madeira com o passar do tempo.

O forno estará bem quente, cerca de 425 graus Celsius, no final do processo de aquecimento. Use os acessórios apropriados, como pás longas e vassouras de metal, para mexer no fogo.

Uma maneira de determinar se a temperatura está correta é jogar um pouco de farinha. Se a farinha ficar dourada em alguns segundos e lentamente começar a escurecer, o forno está pronto. Você também pode usar um termômetro. Pizza em um forno de tijolo cozinha bem entre 260 e 315 graus Celsius. Mantenha um pequeno fogo queimando para garantir uma temperatura constante.

Para cozinhar sua pizza, varra as brasas e cinzas para o canto de trás do forno. Deixe o forno descansar um pouco enquanto você prepara a pizza. Pizzas de forno à lenha costumam ter massa fina e cozinham rapidamente. Coloque a pizza no forno diretamente na superfície. Cozinhe por cerca de 90 segundos, dependendo da sua pizza, mas nunca mais de dois minutos e meio.

O calor se mantém no forno por horas. Muitos alimentos podem ser cozidos com esse calor, como assados, pães e cozidos e o forno é auto-limpante. A limpeza final é simples. Assim que o forno esfriar, junte as cinzas e puxe-as para fora.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível