Internatos especializados em adolescentes problemáticos

Escrito por alice drinkworth | Traduzido por marcella narvaes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Internatos especializados em adolescentes problemáticos
Internatos especializados podem trazer a união entre adolescentes que pensam da mesma maneira (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Internatos especializados cuidam de problemas enfrentados por adolescentes de uma maneira que os pais não são capazes. Pais que sentem que seu filhos estão fora de controle e seguindo o caminho errado podem olhar para os internatos como uma opção. Funcionários bem treinados e o companheirismo entre os alunos pode transformar a vida de um adolescente, mas os pais devem se informar a respeito e escolher a escola certa para seus filhos quando decidirem tomar esse passo importante.

Outras pessoas estão lendo

Problemas entre adolescentes

Pais e filhos adolescentes geralmente não veem as coisas da mesma maneira. Isso se torna um problema quando os pais perdem o controle e não conseguem disciplinar seus filhos. Um adolescente pode estar envolvido em uma atividade de alto risco, como abuso de drogas ou álcool, ou sofrer de algum déficit de atenção e hiperatividade ou distúrbio bipolar. Os pais podem sentir que seus filhos estão fora de controle e possivelmente agredindo a si mesmos ou aos outros por causa de surtos de raiva, distúrbios de alimentação ou uma falta de controle impulsivo. A escola sofre quando um adolescente não está motivado, falta às aula ou tem pouco interesse em participar das atividades.

Por que escolher um internato

Pais que já esgotaram seus métodos de disciplina e se sentem incapazes de ajudar seus adolescentes podem procurar ajuda especializada. Um adolescente que escolheu um caminho ruim tem pouca motivação para aprender. O ambiente escolar pode não satisfazer suas necessidades e os pais podem temer que ele desista da escola. As estatísticas do Centro de Educação Norte-americano diz que 8% das pessoas com idade entre 16 a 24 não estavam matriculadas na escola e não tinham conseguido um diploma de ensino médio em 2008. Os desistentes do ensino médio têm oportunidades limitadas de trabalho em um mercado competitivo e ganham menos.

Lidando com os problemas específicos

Internatos especializados são compostos por profissionais familiarizados aos problemas específicos que os adolescentes podem estar enfrentando.

Os estudantes que frequentam internatos especializados estão em turmas mais baixas do que em escolas tradicionais. Seus colegas passam por problemas similares, o que traz um grande senso de comunidade e companheirismo. Assim, o adolescente não se sente tão isolado. Ele pode ter atenção individualizada de especialistas para ajudar a lidar com seu problema e com a forma como isso afeta o seu ambiente escolar. Isso pode não ser algo que um adolescente teria em um ambiente de escola pública.

O que procurar

Há centenas de opções de internatos especializados. Quando fizer sua pesquisa, procure por uma escola que lide com os problemas do seu filho. Se ele sofre de algum distúrbio específico, verifique se há profissionais de saúde mental entre os funcionários com histórico de trabalho com aquele distúrbio.

Descubra se o internato tem licença e é autorizado. Verifique com o departamento de educação do estado onde a escola fica localizada.

Visite a escola. Observe as condições de vida dos alunos. Pergunte aos professores sobre suas metodologias. Professores e funcionários em internatos especializados devem motivar seus alunos com amor, dedicação, respeito e atenção. Procure por essas palavras na declaração da missão da escola.

Olhe os alunos. A maioria dos internatos especializados tem disciplinas estritas para incentivar os alunos a respeitar a autoridade nas primeiras semanas. Assim que os alunos passam dos estágios iniciais, eles devem estar mais motivados e engajados na sala de aula.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível