Como interpretar exames de sangue do seu cão

Escrito por nora zavalczki | Traduzido por juliana néris nakanejo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como interpretar exames de sangue do seu cão
Veterinários usam exames sanguíneos para determinar a saúde do cão (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Os veterinários tipicamente fazem quatro tipos de testes para acessar a condição de um cão: hemograma completo, exames de substâncias químicas em vários órgãos (perfil bioquímico), urinálise e teste de função da tireoide. O hemograma verifica o número de células brancas e vermelhas, hemoglobinas e plaquetas, enquanto o exame químico dá informações sobre os constituintes químicos do sangue. Os resultados dos exames químicos podem indicar se há qualquer problema com os órgãos do cão, incluindo os rins, o fígado ou o pâncreas. O perfil bioquímico é feito com o soro do sangue.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Verifique os resultados indicando a função geral do metabolismo. Os níveis de glicose, abreviado como GLU, têm valores normais entre 60 e 120 mg/dl. Níveis acima de 120 apontam para uma hiperglicemia; se o teste indicar que o nível está abaixo de 60 mg/dl, indicará que o cão está hipoglicêmico. A lactato desidrogenase ou LDH deve estar entre 10 e 273 U/L.

  2. 2

    Verifique os valores dos testes que acessam a função dos rins. Níveis normais de nitrogênio ureico (BUN) estão entre 9 e 27 mg/dl e qualquer resultado acima ou abaixo indicam doença renal.

  3. 3

    Compare os resultados obtidos com os níveis normais de eletrólitos. Nível de sódio (Na) normal é entre 140 e 153 mmol/l e o de cloro (Cl) deve estar entre 106 e 118 mmol/l. Resultados acima ou abaixo dos limites normais indicam problema com as glândulas adrenais, coração ou rins. Testes adicionais são necessários para identificar o problema.

  4. 4

    Verifique os testes para a função hepática: proteína total (PT), colesterol (CHOL) e bilirrubina total (TBILI). Os valores de TP devem estar entre 5,2 e 7,8 mg/dl, e níveis mais baixos podem indicar má nutrição ou infecção. Os níveis elevados podem indicar infecção viral. Resultados entre 0,0 e 0,4 mg/dl de TBILI são considerados normais, e níveis elevados podem indicar que o cão tem doença hepática.

  5. 5

    Verifique se os níveis de tiroxina (T4) estão dentro dos valores normais: 1,0 e 4,7 ug/dl. Níveis anormais podem indicar hipo ou hipertiroidismo.

  6. 6

    Cheque o nível de lipase. Resultados entre 200 e 700 U/L indicam que seu cão está saudável. Se não, o cão pode ter pancreatite.

Dicas & Advertências

  • Os valores dos testes podem variar de um laboratório para outro e também de acordo com a máquina usada, a idade e a raça do seu animal.
  • Consulte seu veterinário se qualquer resultado estiver acima ou abaixo dos valores normais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível