Como intimar para um teste de DNA de paternidade

Escrito por kimberly turtenwald | Traduzido por fernanda m. blauvelt
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como intimar para um teste de DNA de paternidade
Um pai solteiro deve provar sua paternidade através do DNA ou de uma declaração voluntária (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Em muitos estados dos EUA, quando uma criança nasce de fora do casamento, a lei não reconhece seu pressuposto pai, até que ele voluntariamente assine um documente afirmando ser o pai ou faça um teste de paternidade que estabeleça que ele é o pai. É geralmente a mãe quem requere o teste de paternidade, mas o pai também pode fazer isso, se a mãe estiver recebendo assistência do estado. Para requisitar que um pai em potencial se submeta ao teste, uma intimação geralmente é necessária.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Requira assitência infantil através de uma agência local. Você deve provar a paternidade para conseguir auxílio do pai. Se você requisitar assistência governamental, isso também pode acionar o requerimento de um teste de paternidade.

  2. 2

    Peça ao tribunal uma ordem de teste de paternidade para determinar o pai do seu filho. Isso pode ser feito por qualquer motivo, incluindo adicioná-lo à certidão de nascimento, organizar os horários de visita ou receber auxílio.

  3. 3

    Envie ao pai em potencial o requerimento do teste de paternidade. Alguns estados requerem que você use a delegacia ou um oficial de justiça. Outros permitem que qualquer um acima de 18 anos entregue os documentos, enquanto outros ainda permitem o serviço pelos correios certificados. Verifique os regulamentos do seu estado sobre entrega para garantir que a intimação seja enviada apropriadamente.

Dicas & Advertências

  • Se você protocolar para a assistência governamental, o estado pode automaticamente intimar o pai em potencial para realizar o teste de paternidade para ajudar a indenizar algumas de suas despesas. Pela lei, ambos os pais são financeiramente responsáveis por seus filhos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível