Mais
×

Como inventar um ritmo para uma música

Atualizada April 17, 2017

Inventar o ritmo para uma música não é difícil, pois ele pode ficar da forma que você desejar. Tudo o que for agradável para seus ouvidos, sejam eles treinados ou não, pode se transformar no ritmo para a música que você estiver escrevendo, embora o treinamento musical certamente ajude a acelerar o processo. Os ritmos não se limitam a ser apenas batidas: uma linha de texto dita a uma velocidade particular também pode ser uma base interessante para uma música.

Instruções

Inventar um ritmo para uma música é um processo divertido e criativo (Comstock/Comstock/Getty Images)
  1. Preste atenção a ritmos que você escutar no dia-a-dia. Imite-os batendo palmas. Quando encontrar um interessante, grave-o em um dispositivo portátil.

  2. Fale várias linhas de texto: podem ser palavras aleatórias, sílabas ou orações completas. Combine (falando ou cantando) os três conceitos em várias velocidades, desde o mais lento até o mais rápido que você puder pronunciar as palavras. Grave as variações preferidas no seu dispositivo.

  3. Escute músicas de vários gêneros na sua coleção e anote os títulos daquelas com ritmos bons. Anote (em notação musical ou com símbolos, palavras ou números) os ritmos que você gostaria de usar para a sua música.

  4. Abra o GarageBand (ou outro programa de gravação) no seu computador e escute os exemplos incluídos no programa. Perceba as diferenças entre os ritmos de instrumentos individuais e os de diferentes combinações. Arraste os seus preferidos na janela para tê-los prontos na hora de criar sua música.

  5. Ligue a bateria eletrônica e crie alguns ritmos pressionando os blocos, movendo as maçanetas e trabalhando com o metrônomo da máquina. Use também como referência os ritmos pré-programados da bateria.

Coisas Necessárias

  • Suas mãos
  • Sua voz
  • Papel
  • Lápis
  • Gravador portátil
  • Arquivos MP3
  • Computador
  • GarageBand
  • Bateria eletrônica
bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article