Itália: Um prazer gastronômico

Escrito por robin thornley | Traduzido por jean pierre barakat
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Itália: Um prazer gastronômico
A comida é um tipo de arte italiana ligada ao ciclo das estações (fresh fruit on market image by Melissa Schalke from Fotolia.com)

A comida italiana é "duas vezes abençoada, porque é o resultado de duas artes: de cozinhar e de comer", escreveu a famosa autora do livro de receitas Marcella Hazan no seu "O clássico livro de receitas italianas". Para os italianos, a comida é algo para ser saboreado, reverenciado, estudado e analisado, sim com calma e gosto, e não com avidez.

Outras pessoas estão lendo

Começa o dia...

Não há como saber o que está por vir a partir da primeira refeição do dia. Os italianos começam o dia de forma simples, talvez com um croissant ou uma fatia de brioche, acompanhado por um cappuccino ou apenas um café expresso tomado em pé em um bar local, que é mais barato do que sentar em uma mesa de cafeteria.

Almoço vagaroso

O almoço ("pranzo") era tradicionalmente a principal refeição do dia e, no interior, ainda é para muitos trabalhadores. Nas áreas urbanas, o almoço se tornou mais leve, embora continue a ser uma refeição de três pratos: o aperitivo ("antipasto"); o primeiro prato ("primo piatto"), geralmente macarrão ("pasta"), sopa ou arroz; seguido do segundo prato ("secondo piatto"), um prato de carne ou peixe. É um momento descontraído, com duração superior a uma hora, que termina com frutas frescas. Os italianos preferem desfrutar de bolos e doces durante uma pausa para o café no meio da tarde.

Segunda tomada

O jantar ("cena") segue o mesmo padrão do almoço, geralmente com três pratos, começando com o "antipasto", pequenas porções de carnes curadas, azeitonas, petisquinhos para "atiçar" o paladar. Depois, massa, arroz ou sopa e, em seguida um prato de carne ou peixe e uma variedade de acompanhamentos vegetais ("contorni"), terminando com frutas e talvez um copinho de aguardente ("grappa").

Relaxe, curta

Os italianos consideram o jantar uma oportunidade para relaxar com amigos e familiares, para conversar, fofocar, rir e compartilhar. Normalmente, os italianos comem mais tarde do que muitos norte-americanos e europeus do norte: almoço às 13h e jantar nunca antes das 20h, muitas vezes mais tarde no verão. Os garçons nunca trazem a conta até que ela seja solicitada e ninguém será obrigado a se apressar na refeição para liberar uma mesa.

Definições

Houve certo "afunilamento" na definição de tipos de restaurantes na Itália. O termo "trattoria" se refere a um restaurante local oferecendo comidas regionais a preços acessíveis em um ambiente descontraído, porém o nome foi adotado por alguns restaurantes chiques urbanos para denotar autenticidade e comida rústica. Uma "osteria" é um estabelecimento mais simples, geralmente de propriedade e funcionamento mantido por famílias, um lugar onde são servidas comidas caseiras, muitas vezes em mesas comunitárias e a um preço razoável.

As regras

Há duas regras principais na cozinha italiana: comer localmente e sazonalmente. Os alimentos importados estão mudando esse quadro, mas os cozinheiros italianos tradicionais nunca comeriam aspargos, tomate ou alcachofras fora de época. A comida faz parte do ritmo da vida e assim os italianos esperam ansiosamente a chegada de ingredientes sazonais, desde cogumelos, no outono, até morangos silvestres, na primavera.

Faça como os moradores

Coma como os moradores para economizar e saborear: compre a preço de lanches em mercados ao ar livre e delicatessen italiana da cidade chamada de "salumeria". Opte por sanduíches ("panini") de uma padaria para levar para o almoço. Compre pizzas por pedaço ("pizza al taglio") em uma pequena pizzaria de esquina. Coma com estilo cafeteria em um estabelecimento de pratos quentes ("tavola calda"), escolhendo a partir de uma grande variedade de pratos caseiros e pague no caixa. É difícil comer mal na Itália, mas procure um ponto onde os moradores comem, em vez do "menu turístico", peça o "menu del giorno" - o prato do dia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível