O que faz a junta do cabeçote dos carros queimar?

Escrito por jeff barron | Traduzido por marcos vinicios de araújo barros
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que faz a junta do cabeçote dos carros queimar?
Uma junta do cabeçote queimada muitas vezes obriga o motorista levar o carro ao mecânico e a conta do conserto sai cara (Image by Flickr.com, courtesy of Peter Morgan)

Uma junta do cabeçote queimada é um problema automotivo que ninguém quer ter, porque o conserto custa caro. A conta pode encarecer ainda mais se o defeito na junta afetar outras peças do motor. No entanto, é possível diminuir a probabilidade desse problema acontecer quando se entende o que o causa.

Outras pessoas estão lendo

Função

A junta do cabeçote fica entre o bloco do motor e a cabeça do cilindro. A função dela é evitar que o fluido de resfriamento do motor e o óleo se misturem, assim como vedar o processo de combustão no motor, que é gerado pelas válvulas da cabeça de cilindro que abrem e fecham, permitindo que o ar e os gases entrem nos cilindros. Sem a junta do cabeçote, os gases comburentes vazariam do motor e tomariam sua potência.

Causas do problema

De acordo com o site mobiloil.com, a causa principal da queima da junta do cabeçote é o superaquecimento do motor. Nesses casos, o bloco do motor e o cabeçote se expandem em demasia, prejudicando a junta. No entanto, o superaquecimento não é a única razão para o problema. A pré-ignição, ou detonação, é a segunda causa mais comum, porque pode comprimir as válvulas, pistões e a junta do cabeçote. Esse defeito ocorre quando o motor está fora do tempo. O superaquecimento do motor também pode provocar problemas de pré-ignição e detonação.

Identificação

Normalmente é fácil saber quando uma junta do cabeçote está queimada. Um sintoma é a grande quantidade de fumaça branca ou líquido de arrefecimento saindo do escapamento. Outro sinal para constatar o defeito é encontrar líquidos escuros com espuma no motor e no sistema de resfriamento. Isso acontece porque uma junta do cabeçote queimada permite que o líquido de arrefecimento e o óleo se misturem. Caso suspeite que seu carro esteja com esse tipo de problema, verifique a textura do óleo pela vareta do nível de óleo do motor.

Conserto

Consertar uma junta do cabeçote queimada é chato e custa muito caro, porque o serviço envolve mexer nas partes principais do motor e deve ser feito por um mecânico que entende do assunto. Uma grande dificuldade para realizar o conserto é a localização da peça queimada, que fica entre o bloco do motor e a cabeça de cilindro. Desse modo, para trocar uma peça barata como uma junta do cabeçote, o mecânico precisa retirar o cabeçote do motor e isso pode custar muito caro.

Prevenção

Embora uma junta do cabeçote queimada seja um grande problema de motor, você pode ajudar a impedir que ele ocorra. A melhor maneira de fazer isso é mantendo o sistema de resfriamento do seu veículo em perfeitas condições. Certifique-se de que ele sempre tenha a quantidade certa de líquido de arrefecimento e verifique se as mangueiras estão boas. Além disso, cuide para que o motor esteja regulado no tempo certo e em boas condições de funcionamento. A prevenção é fundamental, uma vez que a junta do cabeçote raramente queima porque está velha ou por causa do desgaste ou uso normais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível