Como as lagostas obtém oxigênio?

Escrito por sabrina kinckle | Traduzido por raissa oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como as lagostas obtém oxigênio?
As lagostas precisam de oxigênio para viver (MyDreamDesigns.com)

Outras pessoas estão lendo

As lagostas precisam de oxigênio

Como os seres humanos, as lagostas também necessitam de oxigênio para viver. Eles obtêm o oxigênio da água do mar em que vivem. A quantidade de oxigênio que consomem depende da temperatura da água. Quando ela aumenta, o mesmo acontece com seu consumo de oxigênio. Curiosamente, a quantidade de oxigênio dentro da água do mar diminui à medida que a temperatura sobe. Assim, o consumo ótimo de oxigênio ocorre quando a temperatura da água está entre 5 e 10 º C.

Lagostas e brânquias

As lagostas usam brânquias para respirar. Suas guelras são órgãos em formato de penugem, cheios de sangue, que extraem o oxigênio da água. As brânquias se localizam na base das pernas da lagosta. O sangue vai das guelras até as outras partes do corpo, fornecendo oxigênio ao longo do caminho. Para manter um suprimento constante do gás, as brânquias fazem a água circular nas lagostas da mesma forma que o nosso sistema respiratório faz.

Viver fora da água

As lagostas só podem sobreviver fora da água por cerca de um a dois dias. Devido ao fato de necessitarem de grandes quantidades de umidade, elas devem ser embaladas em gelo. No entanto, este ambiente não é ideal para lagostas. Elas só sobrevivem por longos períodos na água do mar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível