Lâmpadas fluorescentes quebradas e os perigos para a pele

Escrito por kay wagers | Traduzido por erisana victoriano
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Lâmpadas fluorescentes quebradas e os perigos para a pele
Cacos de vidro e mercúrio são os dois perigos principais de lâmpadas fluorescentes quebradas (light bulb 1 image by jimcox40 from Fotolia.com)

As lâmpadas fluorescentes, sejam compactas ou regulares, são mais eficientes em termos de energia do que as lâmpadas normais, pois produzem luz de forma diferente. Se uma lâmpada fluorescente quebrar, ela deve ser recolhida com cuidado, para evitar a exposição de sua pele ao perigo.

Outras pessoas estão lendo

Lâmpadas fluorescentes

As lâmpadas fluorescentes criam luz através da introdução de energia a um gás no interior da lâmpada. O gás produz luz ultravioleta, que atinge uma camada branca no interior da lâmpada. Esse revestimento branco transforma a luz UV em luz visível.

Vidro quebrado

O maior perigo para a pele, quando uma lâmpada fluorescente é quebrada, é a chance dela ser cortada com cacos de vidro, de acordo com a GE Iluminação.

Mercúrio

Uma lâmpada fluorescente quebrada também pode expô-lo ao mercúrio. Mercúrio não é perigoso ao entrar em contato com sua pele, mas se você segurá-lo em sua mão e então colocar a mão perto do rosto, você pode inalar vapor perigoso, de acordo com a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos.

Tratamento

Se cortar os dedos com vidro quebrado, remova todos os vidros de seus dedos e faça um curativo, se necessário. Se inalar o mercúrio, entre em contato com um centro de controle de envenenamento. Você pode precisar remover o mercúrio de seu corpo por meio de sucção ou medicação.

Prevenção/Solução

Para evitar danos à sua pele, se uma lâmpada fluorescente quebrar, varra todos os pedaços e, em seguida, coloque-os em um saco plástico selado. Depois que você terminar, lave bem as mãos e ventile o ambiente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível