Como usar LED RGB

Escrito por douglas quaid | Traduzido por weber figueiredo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como usar LED RGB
Um led RGB na verdade é composto por três LEDs (green led image by Albert Lozano from Fotolia.com)

Um LED RGB na verdade é composto por três LEDs em uma única lâmpada. A caixa contém LEDs vermelhos, azuis e verdes separadamente, que partilham um cátodo comum, ou terminal negativo. O brilho de cada cor é determinado pela tensão de entrada. Ao combinar as três cores em diferentes intensidades, você pode criar qualquer outra cor que quiser. Este circuito demonstra a utilização de um LED RGB utilizando um potenciômetro para controlar a tensão em cada cor. Potenciômetro é um resistor variável controlado por um botão, parecido com o do volume de um rádio.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Placa de circuito impresso
  • Clip de bateria para 2 pilhas AA
  • 2 pilhas AA
  • Jumper de fio
  • LED RGB
  • 3 resistores (valores calculados no passo três)
  • 3 potenciômetros cone lineares, de qualquer valor

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Conecte o clipe de bateria nos trilhos de alimentação e terra da placa. O fio vermelho do clip de bateria se conecta ao trilho da energia e o fio preto liga ao terra. Não coloque as baterias no clipe ainda.

  2. 2

    Coloque o LED na placa, de modo que os quatro pinos não se liguem uns aos outros. Ligue o pino maior, o cátodo, ao terra. Consulte o manual do LED para confirmar qual pino é positivo e qual é negativo, pois pode variar de acordo com o fabricante.

  3. 3

    Calcule o valor do resistor que você precisa para cada pino. LEDs de cores diferentes têm diferentes classificações de tensão máxima, por isso, consulte o manual do LED, para ver a tensão máxima para cada cor. Calcule valores de resistência usando a lei de Ohm, que afirma que a resistência é igual a tensão dividida pela corrente, ou R = V / I. Para cada cor, subtrai-se a sua tensão máxima da tensão de alimentação. O resultado será a tensão que você precisa deixar passar pelo resistor. Substitua a tensão do resistor em "V" e divida por 0,02 para obter a corrente. O resultado é o valor mínimo do resistor que você deve usar para essa cor.

  4. 4

    Ligue o primeiro resistor ao trilho de alimentação positiva e, em seguida, ao terminal esquerdo de um potenciômetro. Ligue o terminal central do potenciômetro à perna do LED adequada para esta cor. Conecte o terminal direito do potenciômetro no terra. Repita o procedimento para as outras duas cores. O potenciômetro atuará como divisor de tensão, de modo que o valor de sua resistência efetiva seja irrelevante. Ao rodar o botão no potenciômetro, a tensão será definida em qualquer posição entre 0 volt e o máximo, controlando o brilho da cor.

  5. 5

    Conecte as baterias ao clipe e o LED acenderá. Controle a cor girando os três botões do potenciômetro. Cada botão controla o brilho de sua própria cor.

Dicas & Advertências

  • Configurações e tensões em LEDs podem mudar de acordo com o fabricante. Procure no manual para obter todas as informações necessárias.
  • Expanda este projeto, substituindo os potenciômetros por um microcontrolador. Conecte cada cor do LED a uma saída PWM (com modulação de pulso) do microcontrolador através de um resistor. Programe o microcontrolador para alterar os valores de PWM para que o LED faça um ciclo de diferentes cores automaticamente .
  • Exceder a tensão máxima em qualquer perna do LED causará a destruição do mesmo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível