Lençol freático vs. superfície piezométrica

Escrito por diane bacher | Traduzido por daniel tamayo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Lençol freático vs. superfície piezométrica
Poço de água subterrânea (Water well, Romania image by Oren Sarid from Fotolia.com)

A diferença entre lençol freático e a superfície piezométrica, também conhecida como potenciométrica, é a mesma entre a superfície natural da água subterrânea e a superfície de um poço de monitoramento em um aquífero confinado. As duas medidas são usadas para estimar vazões de descargas e recargas, necessárias para descrever a quantidade e qualidade dos reservatórios de água.

Outras pessoas estão lendo

Aquífero

Um aquífero é um reservatório de água subterrânea. Ele pode ser confinado ou não confinado. O tipo não confinado é cercado em cima por uma camada altamente permeável chamada de zona saturada, onde uma grande quantidade de água da chuva escoa através do solo, recarregando o aquífero em altas vazões. O tipo confinado, também conhecido como fonte de água artesiana, tem uma camada pouco permeável acima, provavelmente uma rocha porosa abaixo da zona saturada, resultando em baixas vazões de recargar, mas teoricamente em uma água mais limpa, naturalmente filtrada.

Recarga

A recarga é a taxa e volume pelos quais a água da chuva escoa através da zona saturada até o aquífero. Quando a vazão de recarga é maior que a de descarga, o nível da água sobe. Vazões de recarga são informações úteis no caso de contaminação da água subterrânea; elas são usadas para determinar como o contaminante dentro do aquífero pode ser reduzido através da diluição. A recarga está relacionada com as variações sazonais; ela é maior no inverno e na primavera, devido a mais precipitação.

Descarga

A descarga reflete a quantidade de água saindo do aquífero. A água subterrânea contribui com os volumes e fluxo de água superficial. Riachos, rios, córregos e lagos geralmente estão conectados com fontes de água subterrânea que os alimentam. Mudanças sazonais afetam a descarga, quando o clima quente aumenta a taxa de evapotranspiração.

Lençol freático vs. superfície piezométrica
Água subterrânea aflorando em um corpo hídrico superficial (水たまり image by Reika from Fotolia.com)

Lençol freático

Abaixo da superfície, muitas camadas heterogêneas de solo, rocha e água interagem com a precipitação e a água superficial para mudar os volumes de água subterrânea. As camadas heterogêneas criam um fluxo subterrâneo que influencia a descarga à superfície e distribui ou redistribui minerais e contaminantes. O lençol freático é a superfície na qual a pressão da água é igual à atmosférica. Ela é marcada nos mapas como uma linha através do aquífero.

Superfície piezométrica

Um piezômetro é uma ferramenta especial usada para fazer medidas dentro do aquífero. Ele é mergulhado dentro de um posso abaixo da zona saturada, através da rocha menos porosa. Muitos poços de medidas são furados até o aquífero confinado em certas localidades. A superfície piezométrica é o nível da água dentro do poço piezométrico. Ela é marcada nos mapas como uma linha entre as paredes de um poço. Quando várias medidas são feitas, um hidrogeólogo pode determinar as vazões de carga e descarga e as principais direções e taxas de fluxos da água subterrânea.

Superfície piezométrica vs. lençol freático

A superfície piezométrica pode ser diferente da linha do lençol freático. Os cálculos baseados nos níveis piezométricos, em comparação com os níveis do lençol, mostra como os volumes e qualidades da água subterrânea podem mudar. Influências climáticas, sazonais e de contaminantes pode se correlacionar com mudanças, fornecendo importantes informações para a gestão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível