×
Loading ...

Lendas e mitos do maçons

Atualizado em 17 abril, 2017

A maçonaria é uma fraternidade cujas raízes podem ser legitimamente encontradas no início do século 18, talvez antes. As lendas ligam a organização aos Cavaleiros Templários e alguns dos seus procedimentos ao antigo culto egípcio de Ísis. Um mito é que ela é uma sociedade ou culto satânico secreto. A organização tem muitos símbolos secretos, como apertos de mão, para que os maçons consigam se reconhecer.

Uma representação de autor desconhecido de uma reunião em Loja Maçônica (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

A maçonaria é uma sociedade secreta

Durante os anos 30 e 40, os nazistas perseguiram os ciganos, homossexuais, judeus, maçons e os deficientes físicos e mentais, exilando-os em campos de concentração e executando muitos deles. Essa foi apenas uma das ocasiões no passado onde a maçonaria teve que se esconder para evitar a perseguição. A maioria dos maçons tem orgulho de pertencer à organização, que doa abertamente para muitas causas de caridade. Muitos dos rituais e dos ditos segredos estão disponíveis na internet para todos verem.

Loading...

A maçonaria é um culto ou religião anti-cristão

A Igreja Católica tem sido uma crítica persistente da maçonaria desde o início do século 18, emitindo várias Bulas Papais ameaçando excomungar os católicos que se tornassem maçons. Em 2011, os católicos que fizessem isso eram considerados graves pecadores e não podiam comungar. Na verdade, a única exigência para se tornar maçom é acreditar em Deus. Qualquer pessoa com fé pode se juntar ao grupo e, dependendo da Loja, as cerimônias se referem ao "Volume da Lei Sagrada " que pode ser a Bíblia do Rei James, o Alcorão, o Tanach ou os Vedas. A maçonaria por si só não é uma religião ou culto anti-cristão.

A maçonaria descende dos Cavaleiros Templários

Não há evidência direta de que a maçonaria moderna evoluiu dos Cavaleiros Templários. O último grande mestre dos Templários foi queimado na fogueira na França em 1314. Alguns Templários escaparam para a Escócia e é verdade que várias das esculturas na Capela Rosslyn, em Edimburgo, que foi construída no meio do século 15, relacionam-se simbolicamente à maçonaria. A Grande Loja da Inglaterra foi fundada em 24 de junho de 1717 e algumas evidências mostram que havia lojas na Escócia no fim do século 16. O documento maçônico mais antigo conhecido é o Poema Régio, também conhecido como Manuscrito Halliwell, que acredita-se ter sido criado no fim do século 14.

O verso da nota de um dólar tem símbolos maçônicos

O verso da nota de um dólar é inspirado no brasão dos EUA. O olho dentro do triângulo que aparece sobre a pirâmide não acabada era usado bem antes da criação oficial da maçonaria, com o triângulo representando a Santíssima Trindade do Pai, Filho e Espírito Santo. Os 13 níveis da pirâmide não terminada e as 13 estrelas representam as 13 colônias originais que se uniram para formar a nova nação. A estrela de cinco pontas representa o homem, com sua cabeça na parte superior. A estrela só tem conotações satânicas quando está de cabeça para baixo. Nenhum dos designers do brasão americano eram maçons e Benjamin Franklin era o único maçom no comitê original de criação do dólar.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...