Como ler um exame de urina

Escrito por robin reichert | Traduzido por josé antonio arantes castro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como ler um exame de urina
Entendendo o teste de urina. (laboratorio 9 image by Micky75 from Fotolia.com)

Um exame de urina é um teste conduzido no consultório médico que detalha vários aspectos da sua saúde. Um exame de urina pode indicar problemas nos seus rins ou fígado, uma infecção, doenças crônicas dos rins, cistite, cirrose, hepatite, diabetes, e/ou pedras nos rins. Assim que uma amostra de urina é coletada e o exame feito, o teste compara diferentes compostos da urina a taxas consideradas normais. Ler um exame de urina é um pouco difícil, mas assim que é entendido, o teste mostra-se bastante revelador.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Vasilha para coletar urina
  • Fita de teste pra exame de urina
  • Cartela comparativa de cores de fitas
  • Microscópio
  • Lâminas de microscópio
  • Relatório do exame de urina
  • Papel
  • Caneta

Lista completaMinimizar

Instruções

    O processo

  1. 1

    Colete de 30 a 60 ml da primeira urina da manhã de forma a obter um exame mais preciso possível. Mergulhe uma fita de teste na urina e espere um minuto para que ocorra a reação química que leva a fita a fita a mudar de cor.

  2. 2

    Observe o odor da urina para detectar a presença de cetonas, indicadas por um cheiro adocicado incomum. Note a cor da urina: urina escura é indicativo de desidratação, enquanto que urina clara pode sugerir hidratação excessiva.

  3. 3

    Analise e compare a fita que reagiu com a urina com a cor na cartela de reação para obter o nível de pH, a densidade, níveis de nitrato, níveis de proteínas, presença de cetonas, níveis de glicose, sangue e hemoglobina.

  4. 4

    Documente a informação diretamente abaixo da faixa de cor indicada para comparar com níveis normais. Níveis normais para densidade estão entre 1.0 e 1.03. O nível de pH tem que estar entre 4.8 e 7.5. Um bom teste de proteína, glicose e cetona deve ser negativo. A presença de hormônio HCG pode indicar gravidez.

  5. 5

    Compare o valor do pH da urina com um valor ideal de pH de 6.0; pH acima disso pode significar a presença de infecção do trato urinário, gota ou febre.

  6. 6

    Procure pela presença de níveis de nitrato na urina; não deve haver nitrato em uma amostra de urina saudável.

  7. 7

    Busque por urobilinogênio que exceda 17 umol/l; urobilinogênio excessivo pode indicar problemas no fígado, como cirrose ou funcionamento parcial.

  8. 8

    Cheque os níveis de bilirrubina, que não devem ser maiores que 3 umol/l; se a bilirrubina estiver elevada, pode ser sinal de anemia, problemas hepáticos ou hepatite.

  9. 9

    Olhe os níveis de leucócitos e certifique-se que eles estejam na faixa de 0 a 10; se o teste estiver elevado ou fora da faixa, a amostra pode revelar uma infecção renal.

  10. 10

    Analise uma lâmina que tenha um pouco da urina no microscópio. Procure pela presença de células brancas e vermelhas; células brancas indicam uma infecção potencial, enquanto que as células vermelhas indicam presença de sangue na urina e/ou um problema com os rins. A presença de formas de vida parasita pode indicar uma infecção viral.

Dicas & Advertências

  • Se você está lendo os resultados de um teste de urina de um laudo, você encontrará a informação listada em uma ordem específica. O primeiro item do laudo indicará a cor da urina. O item seguinte no laudo é a densidade, que indica a concentração de íons na amostra de urina; resultados acima de 1.03 podem indicar a presença de cetoácidos ou proteínas na urina.
  • Níveis de glicose, cetonas e proteínas serão listadas como encontradas ou não no exame de urina. A preferência é a ausência deles no exame, uma vez que encontrá-los na urina é motivo de preocupação. Altos níveis de cetonas podem sugerir a presença de diabetes, consumo de bebida álcoolica ou má nutrição. Alto nível de glicose também é indicativo de diabetes, mas leucócitos elevados sugerem um consumo exagerado de alimentos ou bebidas doces, estresse, e a presença de febre. Proteínas excessivas podem indicar doenças dos rins.
  • O laudo listará o nível exato de pH detectado e faixa apropriada; se o pH estiver entre os números da faixa apropriada, então a leitura está normal.
  • Níveis de nitrato serão notados pela sua presença ou ausência, no laudo do teste de urina.
  • A presença de sangue na urina pode indicar envenenamento ou danos aos rins. Se mais de 3 ery/ul de hemoglobina forem encontrados na urina, outros testes serão requeridos para excluir falência renal e/ou envenenamento.
  • A presença de nitrato em sua urina pode indicar uma infecção viral grave, infecção bacteriana ou uma perigosa condição como a E coli ou Salmonella. Outros testes podem verificar os motivos reais da presença de nitrato.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível