Como lidar com adolescentes difíceis

Escrito por erica dallas | Traduzido por laila teixeira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como lidar com adolescentes difíceis
Insista para que seu filho se responsabilize por seus atos e desejos (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

Nos dias de hoje, até mesmo crianças pequenas são mimadas com eletrônicos de última geração, roupas de grife e passeios em parques de diversão. Como resultado, ao chegarem à adolescência, tornam-se jovens difíceis e há uma dualidade em suas expectativas: querem as coisas mas não fazem nada para obter tais privilégios. O relacionamento entre pais e filhos pode tornar-se tenso, com os adolescentes sentindo que não são compreendidos e os pais desejando poder transformar seus filhos em pessoas mais produtivas e maduras. Pais e professores devem ter em mente que eles também já foram adolescentes e começar a ajudar esses jovens difíceis a encontrar seus caminhos.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Seja franco com seu filho. Adolescentes precisam entender que seus pais não lhe devem nada além de amor e carinho. O mundo também não lhes deve nada, e ressaltar esse fato é essencial para seu amadurecimento. Neste momento da vida de seus filhos, é importante ser direto e não deixar margem para dúvidas em relação ao que você diz. Mentir apenas fará com que seus filhos pensem que não há nada de errado com o comportamento deles quando, na verdade, há.

  2. 2

    Insista para que seu filho adolescente comece a assumir a responsabilidade por suas ações, desejos e necessidade. Junto com a adolescência vêm as lições sobre o que é certo e errado. É nessa fase que as habilidades que os ajudarão ao longo da vida se desenvolvem. Não deixe seu filho se sentir no direito de ter certos luxos, como telefones celulares, laptops ou carros. Eles devem saber que, enquanto você os ajuda com dinheiro, eles devem te ajudar arrumando a casa, economizando e trabalhando meio-período para poder pagar pelas coisas que desejam ter.

  3. 3

    Seja respeitoso com seu filho. Muitos adolescentes são rebeldes, irritadiços, difíceis ou retraídos em função do que presenciam em casa ou do tratamento que recebem. Espalhe positividade pelo lar e evite gritar, xingar ou ser negativo na frente dele. É importante para um adolescente saber que seus pais não são apenas fiscais de disciplina mas que estão ali para ajudá-los no que for preciso. Repreenda as grosserias que seu filho por acaso fizer sem lhe dar um sermão.

  4. 4

    Estabeleça limites no relacionamento com seus filhos adolescentes. Eles devem saber que você quer criar uma relação de confiança com eles, mas que isso não significa que você vá deixar de ser a mãe que conhece os perigos do mundo. Dê ênfase à sua preocupação com o bem-estar de seus filhos e ao fato de que, com o tempo, os limites se tornarão mais flexíveis. Basta que eles demonstrem que merecem ficar na rua até tarde ou frequentar festas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível