×
Loading ...

Como lidar com um chefe ou gerente abusivo

Atualizado em 17 abril, 2017

Abuso por chefes e gerentes pode acontecer de diversas formas. Alguns gritam, outros xingam empregados e alguns são legais pela frente mas apunhalam pelas costas. Não importa que tipo de abuso, é preciso lidar com ele. Caso desconfie que o chefe esteja o difamando, contate um advogado. Difamação é crime e significa que um chefe está denigrindo o nome e a reputação do empregado.

Instruções

Documente todas as ocorrências de abuso (Jupiterimages/Pixland/Getty Images)
  1. Documente o comportamento, sua duração, quem estava envolvido, quando, onde, possíveis causas e resultados e testemunhas. Documentação é vital para classificar o tipo de abuso e obter amparo legal. Não ponha opiniões na documentação. O artigo "Gerentes abusivos no trabalho", da revista "Entrepeneur", diz para não escrever "o que você acha que fez ou disse, por que você não gosta do que a pessoa fez, o que você teria feito". Fique apenas com os fatos. Se o seu chefe lhe chamou de incompetente, anote isto e não por que foi errado.

    Loading...
  2. Trate das primeiras ocorrências de abuso diretamente com o chefe ou gerente. Use sempre a primeira pessoa do plural. Por exemplo, se o seu chefe sempre grita com você, responda calmamente algo como: "Há jeitos melhores de expressar o descontentamento. Eu sei que você não quer criar um ambiente de trabalho problemático. Como podemos lidar com isto?". Se achar que o chefe está espalhando mentiras sobre você a outros funcionários da empresa, junte documentos destas fontes e então fale com seu chefe no mesmo tom. Diga algo como "Chegou ao meu conhecimento que meu trabalho está lhe desagradando. Isto é confuso, pois tive uma boa avaliação de desempenho mês passado. Como podemos resolver isto?".

  3. Humanize seu chefe enquanto trabalham para ter uma solução. Provavelmente há um motivo por trás do abuso. Talvez seu chefe seja menos qualificado que você ou você o faz se sentir inseguro. Isto não justifica o comportamento, mas pode ajudar a lhe dar perspectiva.

  4. Faça uma reunião com seu chefe. Tenha espírito cooperativo para resolver o problema. Se o seu chefe não leva suas queixas a sério e a reunião não dá resultados, documente isto também.

  5. Encontre-se com o supervisor do seu chefe ou recursos humanos. Compartilhe sua documentação. Não fale mal do chefe, concentre-se em suas ações, não na pessoa. Mencione coisas positivas, como seu gosto pela empresa e as boas credenciais de seu chefe.

  6. Encontre outro trabalho. Você sabe que está do lado certo e o seu chefe tem o comportamento errado, então por que você que deve sair? No entanto, se o abuso estiver afetando sua saúde, não é hora de ser teimoso. Sua saúde importa, então ache outro emprego e saia. É possível processar uma empresa mesmo depois de trabalhar nela.

Loading...

Dicas

  • Ao procurar um novo trabalho, não fale mal de seu chefe. Empregadores não querem contratar pessoas que possam falar mal deles também. Atribua a mudança de emprego à procura por novos desafios ou a mudança de ritmo.

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...