Com lidar com chefes que abusam do poder

Escrito por stephanie mitchell | Traduzido por luciana p. s. lopes
Com lidar com chefes que abusam do poder
Não aceite o comportamento abusivo do seu chefe (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

Existem vários tipos de chefes abusivos, desde o crítico intimidador ao mandão que gosta de controlar tudo e o completamente desequilibrado emocionalmente. Se seu chefe for irracional, não inspira confiança ou for manipulador, provavelmente você está infeliz e improdutivo no trabalho. Talvez tenha um medo constante de perder seu emprego e essa situação pode afetar todos os aspectos da sua vida, incluindo sua saúde. Embora confrontar seu chefe possa ser arriscado, tenha uma conversa com ele para tentar resolver os problemas antes de tomar medidas mais drásticas, como recorrer ao superior dele pedir demissão.

Instruções

  1. 1

    Converse com seu chefe da forma mais profissional, calma e lógica que puder. Da mesma forma que um brigão na escola que fica pegando no pé das crianças até elas chorarem, um chefe abusivo ganha poder quando ele provoca uma reação emocional em você. Adote uma postura profissional e pergunte como ele gostaria que você melhorasse seu trabalho.

  2. 2

    Converse com seus colegas sobre a situação e consiga o apoio deles, pois a união faz a força. Além de ter mais credibilidade se outras pessoas concordarem com você, seu trabalho também ficará mais protegido, pois é muito pouco provável que seu chefe demita todo o departamento.

  3. 3

    Registre tudo que seu chefe faz que você considera abuso de poder. Faça anotações de suas conversas com ele e sobre ele com seus colegas. Se decidir registrar uma queixa no futuro, você vai precisar dessa documentação.

  4. 4

    Reconheça o comportamento produtivo do seu chefe, bem como o destrutivo. A negatividade se alimenta de si mesma e você se sentirá melhor no ambiente de trabalho se lembrar-se frequentemente de que nem tudo é ruim. No momento apropriado, dê um reforço positivo para seu chefe, cumprimentando-o ou agradecendo-o por aquilo que ele faz bem.

  5. 5

    Procure o superior do seu chefe caso a situação não melhore depois de ter conversado diretamente com ele. Se ele precisa se reportar a mais alguém, levar o problema para o superior ou para o departamento de recursos humanos pode aumentar a pressão sobre ele para resolver o conflito. Mesmo assim, converse com seu chefe diretamente primeiro, pois ele pode achar que não pode confiar em você caso se queixe com os superiores dele sem procurá-lo antes. Além disso, você pode criar uma reputação de pessoa traiçoeira entre seus os colegas.

  6. 6

    Tenha um plano em mente sobre o que fazer caso os confrontos com seu chefe deem errado. Saiba o que você fará de forma diferente no ambiente de trabalho se seu chefe se recusar a mudar ou tenha um outro emprego em vista. Se seu chefe souber que pode ir embora se quiser, você terá poder nas interações.

  7. 7

    Deixe a tensão da situação no escritório e não leve nada para casa. Tenha amigos fora do trabalho e converse com eles sobre outras coisas. Não deixe o abuso de poder do seu chefe permear o restante da sua vida.

  8. 8

    Saiba quando é a hora de partir. Se seu chefe estiver causando níveis de tensão que estão prejudicando sua saúde ou seu bem-estar mental e se seus esforços para resolver o problema fracassarem, procure um emprego novo. Você não pode controlar o que o seu chefe faz, mas pode decidir se permanecerá ou não em uma situação abusiva.

Dicas & Advertências

  • Lembre-se de que você não pode mudar a personalidade do seu chefe, somente a forma com lida com o comportamento dele.
Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível