Como lidar com um companheiro viciado em videogames

Escrito por ehow contributor | Traduzido por laila teixeira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como lidar com um companheiro viciado em videogames
O vício em jogos eletrônicos destrói relacionamentos pessoais e afeta a vida profissional (gamepad image by asiana from Fotolia.com)

O vício em jogos eletrônicos é um problema recente cuja incidência vem aumentando consideravelmente. Tal adição destrói relacionamentos pessoais e afeta a vida profissional podendo, inclusive, culminar em uma demissão. Acredita-se que crianças e jovens adultos viciados em videogames tenham seu desenvolvimento social e emocional retardados.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Terapeuta profissional

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Aprenda quais são os sinais do vício em jogos. Além de aumento do tempo gasto jogando, preste atenção a detalhes como comportamento irritadiço quando ele não estiver jogando, se ele está se isolando de amigos e familiares e se ele tem mentido para esconder a quantidade de tempo que passa jogando.

  2. 2

    Saiba o que fazer primeiro. Converse com seu companheiro sobre sua preocupação pelo fato de ele estar passando muito tempo jogando.

  3. 3

    Faça perguntas para descobrir a origem do vicio. Podem existir outros motivos para ele estar jogando tanto, como auto-estima baixa e depressão.

  4. 4

    Peça ajuda. O vício é um problema difícil para todos os envolvidos, tanto mental quanto emocionalmente. Visite o site Online Gaming Addiction ou participe do fórum de apoio para ajuda e orientação extras. Consulte a seção de recursos adicionais abaixo.

  5. 5

    Peça para que ele jogue menos. Comece devagar, com um objetivo palpável e depois estabeleça metas mais longas. Mudanças drásticas podem resultar em amargura e ressentimentos.

  6. 6

    Lembre-a de que o "mundo real" é melhor que o "mundo virtual". Fale sobre os momentos divertidos que vocês passaram juntos. Faça com que ela saiba que você sente falta desses tempos.

  7. 7

    Juntos, procurem por ajuda profissional. Um terapeuta pode ajudar você e seu companheiro a trabalhar as questões associadas ao vício em jogos eletrônicos de maneira saudável.

Dicas & Advertências

  • Seja gentil. É mais comum que palavras e atitudes amáveis sejam ouvidas que atitudes tomadas na hora da raiva.
  • Seja paciente. A recuperação de qualquer vicio exige tempo e paciência.
  • Não grite nem o acuse de amar mais os jogos do que te ama. Isso vai levá-lo ainda mais fundo em sua dependência.
  • Não faça ameaças. Elas não ajudam. Assim, não ameace deixá-lo, pedir o divórcio, nem jogar fora o computador ou o jogo, se você não tem a real intenção de o fazer.
  • Lembre-se que viciados não gostam de ser confrontados com seu problema. Se ele ameaçar feri-la de alguma forma, deixe-o imediatamente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível