Como lidar com enteados crescidos vindo morar com você

Escrito por courtney spratley | Traduzido por erika f curto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como lidar com enteados crescidos vindo morar com você
Definir diretrizes e regras ajuda os enteados adultos a assumirem responsabilidades (Jupiterimages/Pixland/Getty Images)

Ter de acolher um enteado adulto de volta em casa (ou lidar com aqueles que nunca partiram) pode ser um processo frustrante e absolutamente difícil. Ver filhos adultos na faixa dos 20, 30 anos em casa pode não ser a vida que você imaginou para eles. No entanto, há formas de lidar com essa situação precária que incentivarão o filho a se mudar e se tornar totalmente independente.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Defina regras e diretrizes para o enteado enquanto ele viver com você. Como os demais ocupantes da casa, ele deve aderir a diversas regras. O conjunto de regras deve lhe dar uma lista de responsabilidades que devem ser cumpridas a fim de permanecer na casa. Entre essas regras podem estar: manter seu quarto e a casa limpos em todos os momentos, ter um toque de recolher e informar os pais previamente sobre visitas.

  2. 2

    Exija que ele pague aluguel. Embora o enteado possa não ser capaz de pagar todas as suas contas, caso esteja trabalhando, é razoável pedir que pague aluguel para ficar na casa. Isso o prepara para pagar o aluguel ou a hipoteca quando finalmente se mudar. Exija que ele pague de acordo com a quantia que receber de salário.

  3. 3

    Estabeleça um prazo para o enteado se mudar. Caso ele esteja se esforçando para mudar em breve, estabeleça um prazo flexível como meta. Por exemplo, se ele voltou a morar com você por estar passando por momentos difíceis, estabeleça um prazo que lhe permita pagar suas contas, encontrar uma casa e mudar dentro de um prazo razoável.

  4. 4

    Reprima qualquer sentimento de injustiça ou culpa. Como um pai, pode ser difícil enfrentar o fato de que seu enteado adulto ainda mora com você. No entanto, esse é um fenômeno comum pelo qual milhões de famílias passam. De acordo com o Dr. Phil, cerca de 14 milhões de adultos ainda estão vivendo com seus pais. Ignore qualquer sentimento de ter dado uma má criação, e ajude-o a superar essa fase difícil em sua vida.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível