on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Como lidar com um filho que foge de casa

Atualizado em 17 abril, 2017

Filhos que fogem de casa são mais propensos a se envolver com drogas, prostituição, gangues e outras atividades ilegais. Podem viver nas ruas, sofrendo de fome ou desnutrição. Embora jovens de qualquer idade possam fugir de casa, aqueles entre 13 e 15 anos estão mais propensos a serem relatados como desaparecidos, de acordo com a Academia Americana de Pediatras. Pode ser preocupante para os pais, quando seus filhos fogem. Uma comunicação eficaz desempenha um papel fundamental na prevenção desse problema.

Instruções

Os filhos muitas vezes fogem de casa devido a problemas familiares (Comstock/Comstock/Getty Images)
  1. Chegue na origem do problema. É importante desenvolver uma compreensão do porquê o seu filho fugiu de casa. Algumas razões comuns são violência doméstica, separação ou divórcio, novo casamento, o nascimento de um novo bebê, problemas financeiros, familiares, problemas com drogas ou álcool, problemas escolares e pressão de grupo, de acordo com a Fundação Nemours. Perguntar ao jovem o que o está chateando pode ajudar a resolver o problema.

    Loading...
  2. Reconheça os sinais de advertência. Se seu filho já fugiu de casa antes, ele pode tentar fazer isso novamente. Jovens que começam a agir de forma rebelde e a ameaçar sair de casa, podem realmente fazê-lo. Alguns podem não dizer que pretendem fugir, mas podem começar a recolher pertences pessoais e dinheiro para se preparar. Os pais devem se preocupar com qualquer mudança maior no comportamento.

  3. Diga ao seu filho que ele é querido em casa. Os filhos às vezes precisam ouvir seus pais dizendo que eles são queridos. Os pais devem lembrá-los de que são amados e que seria doloroso vê-los fugir de casa novamente.

  4. Faça mudanças positivas em casa. É importante levar os sentimentos do seu filho em consideração. Se discutir é um problema, faça um esforço para melhorar isso. Em vez de dar uma lição, tente discutir problemas que possam surgir. O National Switchboard (Quadro Nacional) recomenda aos pais consultarem os filhos, sobre a punição que merecem, para garantir que eles se sintam responsáveis por suas ações.

  5. Procure ajuda de um profissional da saúde mental. Quando um jovem foge de casa, é importante procurar a ajuda desse tipo de profissional. O jovem deve ver um psicólogo ou o psicólogo da escola. Se o motivo dele ter fugido de casa estiver ligado a assuntos familiares, seria benéfico toda a família ir para sessões de terapia para trabalhar seus problemas. Embora o seu filho possa hesitar em ir à terapia, é importante forçar essa questão.

  6. Evite fazer as malas do seu filho e o desejar sorte. Essa forma de psicologia reversa pode parecer que irá desencorajá-lo a querer fugir, mas na verdade isso pode fazer com que ele se sinta ainda mais rejeitado e encorajá-lo a fugir logo, de acordo com a Academia Americana de Pediatras.

Loading...

Dicas

  • Quando um jovem foge, não deixe de conferir com a família, amigos e vizinhos antes de fazer um relatório policial.

Aviso

  • Nunca diga para um adolescente que você quer que ele fuja.

Referências

Loading ...
Loading ...