Como lidar com um funcionário problema

Escrito por ehow contributor | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
 Como lidar com um funcionário problema
Como lidar com um funcionário problema

Todos gostam quando no local de trabalho tudo ocorre sem problemas e os funcionários são eficientes e produtivos. É fácil trabalhar quando os funcionários cumprem suas tarefas - mas às vezes, os trabalhadores tornam-se mais um problema do que uma solução. Treinamento de equipe exige tempo e dinheiro, e quando parece que esse investimento não está se pagando, isso pode ser um problema. Muitos empregadores têm dificuldade em dizer aos funcionários problema que eles não estão cumprindo as responsabilidades de trabalho. Aqui estão algumas orientações que podem ajudar.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Caneta
  • Papel

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Não ignore o funcionário problema. O maior erro que a maioria dos supervisores cometem é assumir que o funcionário que não realiza o trabalho como deveria, ou atrapalha os outros, está tendo um mau dia, semana ou mês. A triste realidade é que nem todo funcionário da empresa será um vencedor. Algumas pessoas precisam de um empurrãozinho, enquanto outras necessitam apenas de um rápido pontapé nos traseiros. Atente que existem outros funcionários que verão o desempenho do funcionário problema e isso pode afetar o seu trabalho. Impeça o efeito dominó antes que se inicie e resolva o problema assim que tomar conhecimento dele.

  2. 2

    Decida se o problema é de treinamento ou atitude. Aceitemos ou não, as pessoas têm sua própria maneira de trabalhar. Por isso muitas empresas têm um programa de treinamento, mas às vezes um ou dois ciclos de treinamento não são suficientes. Alguns funcionários podem exigir mais supervisão conforme executam as funções. No entanto, quando o problema é a atitude do empregado em relação ao trabalho, é um pouco mais complicado. A reciclagem é fácil se a pessoa quiser fazer o trabalho corretamente, mas quando existe um problema de comportamento isso pode significar que a rescisão está próxima.

  3. 3

    Converse em particular com o funcionário e aponte exatamente o que ele tem feito de errado. Seja direto ao ponto. Ele foi contratado para executar uma tarefa. Se o problema é que não fez o trabalho de acordo com o padrão, ele deve ser informado. É seu trabalho se certificar de que ele faça o trabalho corretamente. Diga ao funcionário o que fez de errado e como deve corrigir o problema. Se, no entanto, não for um problema de desempenho, mas sim uma atitude, avise-o que o comportamento não será tolerado. A maioria das empresas tem um departamento de recursos humanos que impõe condições que determinam um comportamento aceitável para todos os funcionários. Tenha em mente que, se for um comportamento que possa levar a um crime (por exemplo, assédio sexual) deve-se ter uma testemunha presente durante a conversa.

  4. 4

    Documente a conversa. Certifique-se de que tudo o que foi conversado com o funcionário esteja escrito. Use um português claro quando escrever por que o funcionário está sendo repreendido. Peça ao funcionário para assinar o documento para comprovar que ele saiba das consequências de suas ações. Isso irá proteger você e a empresa, se tiver que ir para a Etapa 6.

  5. 5

    Verifique o comportamento em uma data posterior. Não deixe que o funcionário pense que isso é uma repreensão ocasional. Sempre defina uma data em que irá verificar o seu progresso e corrigir o comportamento. É sempre mais fácil se for um processo que precisa ser corrigido. Ou ele pode fazer o trabalho ou não. Converse com o funcionário para descobrir se ele compreende totalmente ou não o seu trabalho. Se a atitude for o problema, infelizmente poderá ocorrer um confronto, às vezes até mesmo várias ofensas antes de passar para o próximo passo.

  6. 6

    Rescinda o emprego. Com sorte, não se chegará a esse ponto, mas se acontecer, você deve ser capaz de rescindir o emprego do funcionário sem prejuízo para você e a empresa. Despedir um empregado por algo que eles não têm culpa pode resultar na empresa tendo de pagar seguro-desemprego ou, na pior das hipóteses, processo judicial. Sempre verifique com o departamento de recursos humanos, se tiver um. Se não for assim, as reprimendas documentadas virão a calhar se precisar de proteção.

Dicas & Advertências

  • Se tiver que despedir um funcionário, tenha sempre uma testemunha. Lembre-se, é sempre pessoal na visão deles, mesmo se você achar que é apenas parte do negócio. A maioria das pessoas que é demitida por problemas de atitude geralmente sabe que isso vai acontecer e irá atacá-lo de alguma forma. O funcionário que for denunciado por questões de desempenho normalmente lida melhor se o seu progresso for documentado e não houver nenhuma surpresa. Tratar o funcionário como ser humano o ajuda a aceitar a demissão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível