Como lidar com narcisistas e borderlines

Escrito por ashley schaeffer | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como lidar com narcisistas e borderlines
Conviver com um borderline ou narcisista pode ser desconcertante (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Pode ser desafiador lidar todos os dias com pessoas que foram diagnosticadas com transtorno de personalidade borderline (TPB) ou transtorno da personalidade narcisista (TPN). Embora essas duas doenças pareçam ser opostas quando vistas de fora, elas têm muita coisa em comum. O psiquiatra americano James F. Masterson foi o primeiro a decodificar essas personalidades e explica que ambos os tipos desenvolvem um "falso-eu" na primeira infância devido ao controle ou rejeição dos pais. Os narcisistas desenvolvem uma "personalidade falsa inflada", que resulta em grandiosidade, enquanto os borderlines desenvolvem uma "personalidade falsa esvaziada", resultando em sentimentos de vazio.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Entenda que essa pessoa está lidando com uma doença profunda, dolorosa e frustrante. Lembre-se de que, por mais que você esteja sofrendo com o contato com ela, é provável que ela esteja sofrendo ainda mais. Tente imaginar suas experiências passadas. O narcisista só age de forma imponente devido a inseguranças profundas, enquanto o borderline é manipulador por causa do medo de ser abandonado. Tente contemplar a profundidade dos medos e inseguranças dessas pessoas.

  2. 2

    Familiarize-se com seus desencadeadores e aprenda a não reagir a eles. Passe um tempo trabalhando sozinho ou com um terapeuta para entender a origem desses elementos engatilhadores, o que será uma solução mais rápida do que fazer com que o borderline ou o narcisista pare de lhe provocar. Se a pessoa narcisista humilha e critica suas habilidades, ou se o borderline ama em um momento e odeia no outro, então você pode chegar a se sentir furioso. Estude suas experiências passadas para tentar compreender quais inseguranças pessoais são refletidas no comportamento do indivíduo que possam fazer você perder a cabeça.

  3. 3

    Evite as tentativas dele de manipulação. Ambas as personalidades carregam características manipuladoras talentosas e não reagem bem quando não conseguem o que desejam. Esteja ciente da manipulação, já que ela ocorre quando o narcisista tenta convencê-lo a assumir mais do que sua parcela justa de trabalho, ou quando o borderline acredita que é justificável exigir mais de você emocionalmente. Ao invés de reagir negativamente, tente mostrar compreensão e compaixão sem sacrificar muito da sua própria energia emocional.

  4. 4

    Seja uma influência positiva. Tente persuadir o borderline ou o narcisista para evitar comportamentos destrutivos e impulsivos, como o uso de drogas, álcool ou relações sexuais para distraí-los da dor. Sugira atividades mais positivas, como acampar, exercitar ou aprender alguns passatempos e envolva-se nessas atividades com eles.

  5. 5

    Sugira que a pessoa visite um terapeuta regularmente, caso não esteja fazendo isso. Se não estiver, pergunte se ele gostaria de sua ajuda para encontrar um profissional. Os narcisistas preferem terapeutas de sucesso, enquanto os borderlines preferem os que sejam familiarizados com a terapia comportamental dialética. Visite um terapeuta por conta própria e frequente grupos de apoio.

Dicas & Advertências

  • Os borderlines podem se divertir se você começar a brincar com seus problemas, enquanto os narcisistas recuarão se alguém tentar fazer piada sobre seus egos inflados.
  • Os borderlines podem ser hipersensíveis, por isso, esteja preparado para reações inesperadas que pareçam inadequadas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível